Início Draga Galileo Galilei chega ao Porto de Itajaí para realização de obras de dragagem e permitir a entrada de navios pelo canal de acesso

Draga Galileo Galilei chega ao Porto de Itajaí para realização de obras de dragagem e permitir a entrada de navios pelo canal de acesso

17 de junho de 2022 às 19:53
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Após fortes chuvas que impossibilitaram a chegada de navios ao Porto de Itajaí e Navegantes, a draga Galileo Galilei chegou ao complexo para dar início às obras de dragagem no canal de acesso e possibilitar a retomada das atividades.
Foto: Secom BC/Divulgação

Após fortes chuvas que impossibilitaram a chegada de navios ao Porto de Itajaí e Navegantes, a draga Galileo Galilei chegou ao complexo para dar início às obras de dragagem no canal de acesso e possibilitar a retomada das atividades.

Durante a última sexta-feira, (17/06), a draga Galileo Galilei chegou ao Porto de Itajaí, localizado no estado de Santa Catarina, para dar início às obras de dragagem no canal de acesso ao Complexo de Itajaí e Navegantes. Dessa forma, a retomada das atividades com navios de grande porte poderá acontecer, após uma longa suspensão causada pelas fortes chuvas que impossibilitaram a entrada de embarcações no local.

Obras de dragagem no canal de acesso ao Porto de Itajaí e ao Porto de Navegantes é iniciada com a chegada da Draga Galileo Galilei 

Após uma longa esperada da autoridade portuária, a draga Galileo Galilei finalmente chegou ao Porto de Itajaí e já deu início às obras de dragagem que serão responsáveis por “salvar” o canal de acesso ao complexo formado pelo porto de Itajaí e pelo de Navegantes.

Artigos recomendados

Dessa forma, após uma longa suspensão devido às fortes chuvas que impediram a chegada de embarcações de  grande porte, o Porto de Itajaí poderá, em breve, retomar as suas atividades com esses navios. 

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

A draga Galileo Galilei chegou ao local e logo deu início às obras para a realização d o trabalho de alargamento da faixa de areia da Praia Central de Balneário Camboriú. No entanto, ela não foi a única a chegar ao Porto de Itajaí para garantir a retomada das atividades com navios de grande porte.

Isso, pois, outra draga, a Water Injection, também opera para a manutenção do canal, em conjunto com a Galileo Galilei para garantir as obras de dragagem com mais eficiência e rapidez, visando a normalização das operações no complexo. 

Assim, com todas as obras que serão realizadas pela draga Galileo Galilei e pala Water Injection no canal de acesso, a ação conjunta vai dar ao canal de acesso uma profundidade maior, e, consequentemente, permitir que embarcações de maior porte possam circular com tranquilidade, sem o risco de navios de maiores pesos encalharem durante esse processo.

Esse era o principal problema enfrentado pelo Porto de Itajaí durante as últimas semanas, visto que as chuvas vinham impossibilitando a retomada das atividades.

Draga Galileo Galilei já realizava outras operações no Complexo, mas agora foca nas obras de dragagem para retomada do canal de acesso ao complexo

A draga Galileo Galilei vem garantindo ao Porto de Itajaí uma grande eficiência nas obras do canal de acesso, visto que trabalha extraindo os resíduos através de uma cisterna e os encaminhando para o alto-mar onde são ejetados e tem uma capacidade de 18 mil metros cúbicos. Dessa forma, o calado máximo para a chegada dos navios deve ser retomado como o previsto em breve. 

Além disso, a draga já realiza outras operações no Porto de Itajaí, por um contrato entre a Autoridade Portuária e a empresa Van Oord, de mais de R$ 230 milhões. Mas, agora, o foco principal é a retomada do canal de acesso para que os portos de Itajaí e Navegantes possam voltar com a sua programação usual de movimentação de cargas. 

Por fim, Fábio da Veiga, Superintendente do Porto de Itajaí, comentou sobre as obras e destacou: “É necessária manutenção contínua dos canais para a melhor navegação das embarcações de grande porte. Dessa vez, foi preciso a convocação da Galileo Galilei, draga de sucção, para a manutenção do calado. O Porto de Itajaí segue com a dragagem dos berços para que tudo flua nas operações”.

Relacionados
Mais recentes