Conheça o Aptera, carro elétrico solar que ‘nunca precisa ser carregado’ com autonomia de 1.600 km

Valdemar Medeiros
por
-
14-10-2021 10:46:46
em Logística e Transporte
Carro elétrico - Aptera - energia solar - Aptera – carro eletrico movido a energia solar – créditos: Apera Motors/Divulgação

Autonomia de 1.600 quilômetros sem a necessidade de recarga. Essa é a grande promessa do Aptera, o carro elétrico movido a energia solar que afirma nunca precisar ser ligado a tomada  

O Aptera chega em 2022 com a promessa de que não necessita ser recarregado, afinal de contas o veículo depende inteiramente da energia solar. O carro elétrico movido a energia solar afirma que pode viajar mais de 1.600 km com uma única carga. Os preços variam de $ 25.900 a mais de $ 46.000, dependendo das opções. Os primeiros modelos a chegar na indústria automotiva serão chamados de Paradigm e Paradigm+.

Leia outras notícias relacionadas

A montadora Aptera Motors está trabalhando em modelos de carros elétricos que usam painéis solares, e para alguns condutores, isso significa que eles raramente precisarão se conectar à eletricidade. A versão mais completa oferece uma bateria de 100 kWh, possibilitando um alcance de 1.600 km.

Carro elétrico movido a energia solar bate o recorde de autonomia do seu Sedã elétrico da Lucid Motors

O Sedã elétrico Lucid Air Dream Edition foi recentemente avaliado pela Agência de Proteção Ambiental com uma autonomia estimada de 836 km com uma carga total. Esse é o maior alcance de qualquer carro movido exclusivamente a bateria até então avaliado pela EPA, incluindo o Modelo S de Longo Alcance da Tesla.

O Air vai cerca de 185,075 km mais longe com uma carga, do que o modelo mais rápido da Tesla. É ainda mais longe do que a maioria dos carros a gasolina pode viajar com o tanque cheio.

O Aptera é capaz de atingir o dobro de autonomia com uma única carga e sem depender do uso da eletricidade residencial.

Confira os principais avanços tecnológicos e recursos que o Aptera possui

  • Alcance recorde: O peso do veículo e o fato de possuir apenas 03 rodas o torna leve e capaz de atingir 1.600 km por carga. Tornando-o um veiculo de passeio e até mesmo viagem.
  • Energia Solar: a energia solar integrada ao teto do veículo pode ser configurada para fornecer até 73 km de alcance por dia com mais de 3 metros quadrados e 180 células solares eficientes projetadas na estrutura do Veículo. Isso torna o Aptera um dos primeiros carros movido a energia solar capaz de atender à maioria das necessidades diárias dos condutores.  
  • Motor potente: O carro elétrico movido a energia solar possui motor refrigerado a líquido o impulsiona, que permitem que o Aptera vá de 0-60 em apenas 3,5 segundos, com uma velocidade máxima de 170km/h. A ¨tração nas quatro rodas¨ e o controle de torque vetorizado fornecem ao Aptera conforto, controle de estabilidade e a capacidade de lidar com condições climáticas adversas.
  • Eficiência ajustável: as configurações ajustáveis incorporadas à interface do usuário do Aptera mantêm os drivers atualizados com as formas de economizar energia e estender o alcance em tempo real.

Sobre a Aptera Motors

A Aptera Motors oferece carros elétricos movidos a energia solar (sEVs) mais avançados tecnologicamente do mundo, possibilitados por avanços em eficiência de bateria, aerodinâmica, ciência de materiais e fabricação. 

Como um veículo leve de três rodas, o Aptera é o primeiro de uma série de veículos ecológicos que serão oferecidos para uso comercial e de consumo. O automóvel tem a capacidade de viajar até 72 km por dia (em níveis de baterias baixos) com a energia gratuita do sol captada por seus painéis solares integrados. 

Com apenas quatro peças estruturais principais, a forma única do corpo do Aptera permite que o veículo deslize pelas estradas usando muito menos energia do que outros veículos elétricos e híbridos existentes hoje no mercado.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe