Início Companhia de investimentos Actis mira no setor de energia renovável e adquire 10% de participação na Omega Energia

Companhia de investimentos Actis mira no setor de energia renovável e adquire 10% de participação na Omega Energia

31 de julho de 2022 às 08:47
Compartilhe
Siga-nos no Google News
A Actis, investidora global em infraestrutura sustentável, adquiriu uma porcentagem importante no setor energético brasileiro. A investidora decidiu fazer investimentos e garantir sua participação na Omega Energia, visando a garantia no departamento de energia renovável do país.
Fonte: Capital Reset

A Actis, investidora global em infraestrutura sustentável, adquiriu uma porcentagem importante no setor energético brasileiro. A investidora decidiu fazer investimentos e garantir sua participação na Omega Energia, visando a garantia no departamento de energia renovável do país.

Na última quarta-feira, (27/07), a investidora mundial Actis, com experiência no Brasil e na América Latina, anunciou que adquiriu uma relevante porcentagem de 10% de participação na Omega Energia. Dessa forma, foi assinado um acordo de acionistas com os fundadores da empresa para integrar o setor de controle da companhia. Entretanto, o valor do investimento ainda não foi divulgado.

A Actis se compromete a firmar novas ações da Omega Energia no valor de R$ 850 milhões

Nesse sentido, a aquisição da porcentagem de 10% do capital social da empresa Omega Energia foi organizada como um tipo de investimento privado em capital público, envolvendo a negociação de direitos de administração para integrar os acionistas de controle no Conselho e também a aquisição de ações através de uma ou mais operações no mercado de trabalho.

Artigos recomendados

Além disso, as empresas também firmaram um compromisso de investimentos pelo qual a investidora Actis se compromete a subscrever novas ações de emissão da Omega Energia no valor de até R$ 850 milhões, por um preço de até R$ 16 por ação.

Nessa transação, a assessoria da investidora ficou por conta de Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr e Quiroga Advogados ajudando a Actis em todos os aspectos da lei brasileira do negócio, incluindo a estrutura da operação, como aspectos societários, tributários e regulatórios, preparação e negociação de contratos e todos os documentos necessários de suporte.

“A Actis está entusiasmada com a parceria com os fundadores da Omega Energia e fornecerá profundo conhecimento do setor e capital novo, para apoiar o desenvolvimento de um pipeline de crescimento para estabelecer a Omega como líder no espaço de transição de energia nas Américas”, afirmou a empresa em comunicado.

É importante ressaltar que a Actis possui experiência nos mercados de energia brasileiro e de toda a América Latina. Dessa forma, dentre as suas atividades atuais está a venda da Echoenergia, plataforma brasileira autossuficiente em energia renovável com 1,2 GW em operação para a Equatorial Energia. Já em outubro do ano passado, a investidora comprou 100% das ações de três ativos transmissão de EDP — energias do Brasil que possuem 439 KM de extensão.

Para a companhia, a entrada da Actis trará mais valor para a empresa

Nesse cenário, em teleconferência realizada, o CEO da Omega Energia, Antonio Bastos Filho, se mostrou animado com a nova entrada do fundo da investidora Actis na empresa. Segundo ele, a vinda da empresa americana trará mais valor para a Omega, já que ele considera a Actis o investidor mais bem sucedido da América Latina, isso porque a investidora já foi dona da Echoenergia e da Atlantic, geradoras de energias renováveis vendidas.

 “Estamos felizes em ter mais um sócio comprometido, de alta reputação, que conhece muito do negócio, capaz de ajudar a gente a trazer recursos para a companhia”, explica Antonio Bastos. Inicialmente, a Actis comprou 10% da Omega e de acordo com o executivo, a expectativa é que a participação da Actis chegue a 20% em um futuro próximo, uma vez que está previsto que ela aumente a sua participação.

O CEO da Omega falou ainda sobre a inclusão da empresa no mercado norte-americano. Antonio Bastos expôs o acordo de co-investimento de até US$ 500 milhões para outros novos projetos em terras nos EUA, com uma gestora de ativos de infraestrutura. O acordo, que está em fase final de fechamento, deverá ser anunciado nos próximos dias.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes