Início Braskem desenvolve resinas hidrocarbônicas que funcionam como auxiliares no processamento de borracha; projeto visa diminuir tempo e custo da indústria

Braskem desenvolve resinas hidrocarbônicas que funcionam como auxiliares no processamento de borracha; projeto visa diminuir tempo e custo da indústria

21 de junho de 2022 às 10:46
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Braskem desenvolve resinas hidrocarbônicas, que funcionam como auxiliares no processamento de borrachas, projeto visa diminuir tempo e custo da indústria - Canva
Tempo da indústria poderá ser automatizado – Canva

Em comunicação feita diretamente ao Click Petróleo e Gás, a Braskem anunciou que está desenvolvendo uma técnica de resinas hidrocarbônicas, que funcionam como auxiliares no processamento de borrachas. O projeto visa diminuir tempo e custo da indústria. Conforme a instituição, mais detalhes serão divulgados na exposição Expo Center Norte, que acontece entre os dias 22 e 24 deste mês. O evento acontecerá em São Paulo (SP) e contará com mais empresas participando. 

A Braskem, empresa líder no mercado de biopolímero industrial, anunciou que desenvolveu uma nova tecnologia de resina que permite diminuir o tempo e o custo das empresas no processamento da borracha. A nova tecnologia está prevista para ser anunciada no mercado durante a realização da Expo Center Norte, que começa nesta quarta-feira, 22 de junho, e deverá funcionar até a sexta-feira, 24 de junho. 

O estande contará com 52m² e o seu portfólio tem uma série de produtos que visam melhorar a produtividade do setor, ao passo em que aumentam a competitividade da indústria. Os produtos desenvolvidos também serão exportados para países parceiros do Brasil. 

Artigos recomendados

Empresa referência na produção automatizada de borracha

Gustavo Sergi, diretor de Químicos Renováveis e Especialidades da Braskem, afirmou que a empresa é referência no mercado devido à sua capacidade de oferecer uma abundante quantidade de metais e características, abrangendo um público enorme de clientes. 

As resinas hidrocarbônicas, que serão apresentadas no evento, são utilizadas na construção de pneus e outros produtos. Os artefatos de borracha e bandas de recapagem também fazem o uso das mesmas, assim como mangueiras e sapatos. As descobertas poderão ingressar em vários setores econômicos, a fim de automatizar processos. 

Além da economia de tempo, as resinas têm vantagens como diminuição do desgaste do equipamento durante a atuação. Portanto, podem ser consideradas agentes taquificantes, ou seja, que melhoram os fluxos.

Marlisa Reche, Diretora da área de Olefinas e Aromáticos da Braskem, afirma que a instituição está preocupada em desenvolver alternativas sustentáveis para a produção de borracha desde o início até o final da cadeia. Um dos exemplos citados pela instituição quanto à sustentabilidade é o Eterno Verde, para a produção de elastômeros. 

Sobre a Braskem

Atualmente, a Braskem está entre as empresas líderes na produção de butadieno, com forte presença na indústria de óleo carbon black. Além das matérias-primas ofertadas para o setor de borracha, uma parte do que é distribuído pela instituição também pode ser reutilizado no setor automobilístico, principalmente na vedação.

A instituição foi fundada no ano de 2002, no estado de São Paulo, e, desde o dia 1 de janeiro de 2020, o CEO da instituição é Roberto Simões, que vem criando parcerias em larga escala para melhorar o retorno financeiro e os investimentos feitos na marca. A empresa também está presente na Bolsa de Valores, subindo 1,1% a BRKM5 (B3) no momento da publicação desta matéria.

Para mais informações 

Para obtenção de mais informações, a instituição afirmou, por intermédio do seu site oficial, que a imprensa e os clientes deverão entrar em contato através do e-mail braskem@cdn.com.br, e também pelos números de telefone de assessoria digitais, tais como (11) 3643-2906 e (11) 3643-2919.

Relacionados
Mais recentes