Abaixo-assinado é feito por moradores e ambientalistas contra o projeto para instalar hidrelétrica no Rio Macaé

Empresa retomou projeto para construir pequena central no leito do rio, na altura do distrito de Sana em Macaé

Na última sexta-feira, 19 de julho, o Comitê de Bacia Hidrográfica dos rios Macaé e das Ostras divulgou nota contra a retomada do projeto da empresa Ipar Participações Ltda para instalar uma Pequena Central Hidrelétrica (PCH) no leito do Rio Macaé, na altura do distrito de Sana, em Macaé.

Moradores e ambientalistas também se mobilizaram contra o projeto para instalar hidrelétrica no Rio Macaé. Os ativistas já recolheram até esta quarta-feira, 24, 4,8 mil assinaturas em um abaixo-assinado online, disponível neste link http://bit.ly/2YbvfKJ

O Inea requisitou o Conselho da Área de Proteção Ambiental (APA) do Sana (Sanapa), para instruções técnicas e afirma que a hidrelétrica pode afetar as demais captações que, atualmente, garantem água para abastecimento de Macaé, Rio das Ostras e Barra de São João, distrito de Casimiro de Abreu, além do setor industrial existente na região.

No manifesto a ser enviado a órgãos públicos, evidencia “Todo o turismo na região depende do rio conservado. Os danos são graves para a geração atual e para as gerações futuras. Não precisamos e nem queremos PCHs no Rio Macaé. Vamos defender o rio, sua liberdade e saúde! O rio é um patrimônio coletivo!”.

Segundo o presidente do CBH dos rios Macaé e das Ostras, Rodolfo Coimbra,  “Esse empreendimento utiliza exclusivamente a água como recurso para movimentar as turbinas. Trata-se de um grande volume de captação e reservação, o que poderia prejudicar o manancial. Este projeto poderia ser um fator agravante para a escassez de recursos hídricos que a região já enfrenta. O Comitê espera que isso não aconteça”.

Nesta segunda-feira, 22 de julho, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) confirmou que recebeu requerimento de licença ambiental para empreendimento.

“O órgão ambiental estadual emitirá a instrução técnica para a elaboração do Estudo de Impacto Ambiental/Relatório de Impacto Ambiental (Eia/Rima)”, declarou o Inea.

TENHA UM CV ESPECÍFICO PARA O SETOR DE ÓLEO E GÁS

Você gostaria de ter um currículo desenvolvido especialmente para uma vaga no meio marítimo, em plataforma, offshore ou cabotagem? Adquira seu currículo offshore formatado e específico aqui📄
Posted Under
Sem categoria