20 Vagas de emprego para técnicos em manutenção de pás de energia eólica no Brasil e no exterior por multinacional do ramo de renováveis

Valdemar Medeiros
por
-
07-04-2021 10:23:38
em Energia Renovável, Vagas de Emprego
vagas de emprego - renováveis - energia eólica -técnicos Técnico em reparo de pás eólicas – Fonte: Windcom

A WindCom está ofertando 20 vagas de emprego no ramo de renováveis para técnicos com experiência em manutenção de pás de energia eólica

A WindCom está disponibilizando 20 vagas de emprego para técnicos em diversas regiões do Brasil e exterior, para ampliar suas equipes de trabalho em campo no mercado de energias renoveis, atuando em atividades de acabamento, reparo e manutenção em pás de energia eólicas. Os requisitos propostos são: ter experiência em manutenção e reparos em pás eólicas e possuir total disponibilidade para viagens nacionais e internacionais.

Leia também

A WindCom, além das vagas de emprego, oferece plano de saúde extensivo aos dependentes; plano odontológico, seguro de vida, vale alimentação, auxílio transporte, salário e adicionais compatíveis com o mercado.

Aqueles que possuem interesse e atendem aos requisitos propostos para as vagas de emprego devem enviar o currículo até o dia 20 de abril, para o email [email protected] com o título “expansão21”, informando no currículo se possui passaporte válido.

Quais cursos técnicos preciso ter para concorrer as vagas de emprego relacionadas a energia eólica?


A energia eólica é uma das energias renováveis que mais geram vagas de emprego no Brasil, ficando atrás apenas da energia Hidráulica. A energia eólica gera em torno de 34 mil vagas de emprego por ano.

Na área de energia eólica ou nas renováveis em geral, se destacam os profissionais técnicos, os tecnólogos e os engenheiros. Algumas das profissões em níveis técnicos são: técnico em mecânica, eletrotécnica, sistemas de Energia Renovável entre muitos outros.

Mercado de energia renováveis no Brasil

O nosso país é um dos líderes quando o assunto são as energias renováveis. No estado atual, o país se posiciona em terceiro lugar no ranking mundial geral de energias renováveis, que incluem bioenergia, eólica, solar, hidráulica e geotérmica.

Na área de energia solar, por exemplo, no ano passado, o Brasil entrou para o grupo de 20 principais nações produtoras de energia fotovoltaica, ocupando a 16o posição.

Quem ocupa as primeiras posições são China, Japão, Estados Unidos e Alemanha, respectivamente. Para se ter uma noção, a potência acumulada do Brasil em 2019 foi de 4.533, já os chineses acumularam 205.072 MW.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.