Início Vibra Energia adquire parte da ZEG Biogás e fará investimentos de R$ 412 milhões em projetos de produção de biocombustíveis

Vibra Energia adquire parte da ZEG Biogás e fará investimentos de R$ 412 milhões em projetos de produção de biocombustíveis

7 de julho de 2022 às 09:32
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Após a aprovação do conselho da empresa para o processo de compra, a Vibra adquiriu uma parcela de 50% da companhia de energia ZEG Biogás e anunciou um investimento milionário para a produção de biocombustíveis em projetos futuros com a empresa.
Fonte: Ecometano

Após a aprovação do conselho da empresa para o processo de compra, a Vibra adquiriu uma parcela de 50% da companhia de energia ZEG Biogás e anunciou um investimento milionário para a produção de biocombustíveis em projetos futuros com a empresa.

Durante a última segunda-feira, (04/07), a empresa de energia Vibra anunciou a aquisição de 50% da ZEG Biogás e Energia, após a aprovação do Conselho de Administração da Vibra. E, embora aguarde uma série de outras licitações, a empresa já anunciou também um aporte de R$ 412 voltados para um investimento futuro em projetos de produção de biocombustíveis como o biogás e o biometano.

Processo de aquisição de parcela de participação da ZEG Biogás pela Vibra é aprovada pelo conselho da empresa e passará por aprovação do CADE

Mirando no mercado de biocombustíveis em um contento de expansão da transição energética e de necessidade de novas alternativas para o setor de transportes, a Vibra anunciou o seu novo empreendimento e adquiriu 50% da ZEG Biogás em uma transação recente. Dessa forma, a empresa deterá metade da empresa de energia e combustíveis e conseguirá expandir a sua presença nesse segmento, com foco no biogás e no biometano. 

Artigos recomendados

A transação para a aquisição da empresa envolverá um aporte primário de R$ 30 milhões, no fechamento da operação, e uma parcela secundária de R$ 129,5 milhões. Dessa forma, a Vibra deterá, oficialmente, metade das ações participativas na ZEG Biogás.

Embora tenha sido aprovada pelo Conselho de Administração da Vibra, a transação entre as companhias ainda precisa passar por novos processos, como a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), conforme determina da Lei das S.A. Contudo para as transações desse tipo. 

No entanto, as empresas estão bem avançadas no processo de transação e o Vice-presidente Executivo de Finanças, Compras e RI da Vibra, André Natal, destacou que “Esta Operação complementa a plataforma de produtos e serviços renováveis da Vibra, reforçando a posição de relevância da Companhia no processo de transição e descarbonização da matriz energética brasileira, por meio da ampliação da oferta de energia mais limpa, renovável e sustentável. A ZEG Biogás tem potencial de atingir produção de mais de 2 milhões de m³/dia em até 5 anos”.

Vibra pretende fazer investimento de R$ 412 milhões no desenvolvimento de projetos para a produção de biocombustíveis com foco no mercado global 

Além do anúncio da aquisição de 50% da ZEG Biogás na segunda-feira, a companhia energética Vibra ainda deu detalhes sobre os seus planos para a sua participação na empresa. Dessa forma, haverá um investimento total de R$ 412 milhões aplicados no desenvolvimento de projetos voltados para a produção de biocombustíveis como o biogás e o biometano.

Além disso, desse total, um parcela de R$ 206 milhões seria referentes à participação de 50% da Vibra e os outros R$ 206 milhões seriam aportados em nome dos demais sócios.

Dessa forma, o investimento milionário nos projetos de biocombustíveis poderá colocar a Vibra em um novo ramo do mercado internacional, uma vez que a empresa é focada atualmente nos negócios de energia, mas pretende dinamizar seu portfólio.

Assim, a aquisição da ZEG Biogás faz parte do plano de crescimento no mercado dos combustíveis, mais especificamente nos projetos de biocombustíveis, aproveitando a necessidade de recursos limpos para o setor de transportes atual. 

Agora, a empresa aguarda a finalização do processo de transação após a aprovação dos órgãos governamentais, como o CADE, e da própria administração interna da ZEG Biogás. A companhia de biocombustíveis possui como princípio determinante nas suas ações a redução dos impactos negativos causados pelo uso de combustíveis fósseis na matriz energética em todo o mundo e esse é o momento da Vibra aproveitar o potencial de crescimento na sua mais nova aquisição.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes