Início Tenenge conclui cravação de estacas no Terminal Gás Sul que terá capacidade de regaseificar 15 milhões de metros cúbicos de GNL por dia em SC

Tenenge conclui cravação de estacas no Terminal Gás Sul que terá capacidade de regaseificar 15 milhões de metros cúbicos de GNL por dia em SC

15 de março de 2022 às 13:27
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Tenege - GNL - SC - Terminal-Gás-Sul -
Obras da Tenege no final de semana – Divulgação

Estacas que sustentarão o terminal de ancoragem da unidade de armazenamento e regaseificação de GNL foram finalizadas no último final de semana em SC pela Tenege

Iniciada pela Tenege em outubro de 2021, as obras de cravação de estacas do terminal de ancoragem da FSRU (Floating Storage Regasification Unit) do Terminal Gás Sul (TGS), que terá capacidade de regaseificar 15 milhões de metros cúbicos de GNL por dia em construção na Baía de Babitonga (SC), foram concluídas no último dia 12 de março, antes do prazo estabelecido no cronograma da obra. Neste período foram cravadas 85 estacas que variavam entre 48 e 57 metros de comprimento, cada, totalizando 4,68 quilômetros de tubos e uma carga total de 1.470 toneladas. Os serviços foram concluídos dentro das especificações internacionais de qualidade, sem que houvesse nenhum acidente com afastamento.

Leia também

“Tivemos que superar inúmeros desafios, a exemplo das condições climáticas, em uma obra em que a logística é essencial para o sucesso. Conseguimos pleno êxito graças à dedicação e comprometimento de cada integrante envolvido nas atividades, tanto no mar quanto em terra, sem nunca renunciar à segurança, qualidade e respeito ao meio ambiente”, afirma Ricardo Corregio, gerente responsável pelas obras offshore.

Terminal Gás Sul terá capacidade para regaseificar 15 milhões de metros cúbicos de GNL por dia

Com a conclusão desta etapa pela Tenege, a obra do TGS atingiu 60,3% de avanço físico, com previsão de entrega no mês de agosto deste ano. As obras geram atualmente 935 vagas de emprego da região. Quando estiver pronto, o Terminal terá capacidade para regaseificar 15 milhões de metros cúbicos de GNL por dia. O empreendimento é fruto de um investimento de mais de R$ 380 milhões e deverá ampliar em mais de 3 vezes a disponibilidade de Gás Natural Liquefeito para o estado de Santa Catarina.

Serão mais de 32 quilômetros de gasoduto, on e offshore, até sua ligação em definitivo no Gasoduto Brasil-Bolívia (Gasbol), operado pela TBG. O TGS estará localizado a 300 metros da costa. Inclui infraestrutura para receber, armazenar, regaseificar e distribuir o gás natural, que chegará pelo mar através de navios metaneiros e será transferido pelo sistema ship to ship para uma FSRU (unidade flutuante de armazenamento e regaseificação), que tem capacidade de armazenar 160 mil metros cúbicos de GNL.

Após a regaseificação, o gás natural segue por cerca de 2 quilômetros num gasoduto sob o leito da baía, até aflorar no mesmo ponto de entrada do oleoduto OSPAR, em Itapoá, garantindo a mínima ocupação do espaço aquático e pouca interferência no espelho d’água. Em terra, o gás natural será transportado por um duto de 31 quilômetros até o ponto de conexão com o Gasbol, na cidade de Garuva.

Novo gasoduto em SC irá garantir o abastecimento local e propiciará o desenvolvimento da região

“Este novo gasoduto em SC irá garantir o abastecimento local e propiciará o desenvolvimento da região, apoiando o avanço da indústria no Estado e ampliando a oferta de gás no Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País. Realizar um empreendimento desta importância nos reabastece de ânimo para seguir servindo os nossos clientes com a excelência na prestação dos serviços, uma marca da Tenenge ao longo de sua história”, afirma Marcelo Hofke, diretor-geral da companhia.

Sobre a Tenenge

Fundada em 1955 e incorporada integralmente pela OEC em 1986, a Tenenge é reconhecida nacionalmente por sua expertise na execução de grandes obras industriais, especialmente nos setores de óleo e gás, química e petroquímica, papel e celulose e energia, cuja complexidade dos projetos demandam alta especialização para garantir previsibilidade, qualidade, eficiência e segurança nos resultados dos projetos.

A Tenege atua no segmento de engenharia industrial de forma integrada, de acordo com os mais modernos processos de gestão, reunindo capacidade técnica para agregar valor em todas as fases do ciclo de vida de um projeto.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes