Subsídios em sistemas de energia solar fotovoltaica podem atingir R$ 120 bilhões até 2030

Roberta Souza
por
-
05-03-2021 16:47:44
em Energia Renovável
energia solar, fotovoltaica Usina de energia solar fotovoltaica

O projeto de lei estima custo de 120 bi até 2030, com subsídios concedidos aos beneficiários da geração distribuída de energia solar fotovoltaica

Até o ano de 2030, é estimado que o custo dos subsídios aos beneficiários da geração distribuída de energia solar fotovoltaica chegue a 120 bilhões de reais, em sistemas ligados a telhados e paredes externas de edifícios. Os dados foram divulgados pela Abradee – Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica.

Subsídios da energia solar:

O projeto está em votação e está previsto para o próximo dia 11 de março. Tal proposta isenta microgeradores (aqueles com potência instalada menor ou igual a 75 quilowatts) e microgeradores (aqueles com potência instalada variando de 75 quilowatts a 3000 quilowatts) das tarifas de transmissão e distribuição.

A Abradee – Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica, diz em nota que “Para se ter ideia, no fim do ano passado, os subsídios presentes nas contas de luz para subsidiar as tarifas de aproximadamente 11,3 milhões consumidores de baixa renda são da ordem de R$ 2,6 bilhões. Ou seja, pagamos o quase o mesmo valor para subsidiar quem precisa e quem não precisa”.

Energia fotovoltaica distribuída atingiu marca de 500 mil unidades consumidoras

Segundo dados da Associação Brasileira de Energia Solar – Absolar, o Brasil atingiu o recorde de 500 mil solares fotovoltaicos distribuídos (GD) em fevereiro. Para atender às necessidades dessas 500 mil unidades, foram instalados 400 mil sistemas solares, com um investimento total de 23,1 bilhões de reais. Segundo a entidade, os maiores consumidores são: em maior parte instalada em residências (73,6%), os pequenos negócios (16,6%), seguidos do setor rural (7%) e da indústria (2,4%).

De acordo com as características do sistema, o painel de energia fotovoltaica pode ser instalado por até dois dias, e de uma forma geral, nenhuma obra é necessária para o suporte da instalação, pois basta que o sistema de grade seja instalado na cobertura e conectado ao fonte de alimentação local. Outra vantagem da energia fotovoltaica é que ela pode reduzir os custos de energia para os consumidores, reduzindo a conta de luz em até 95%.

O sistema também é muito simples e quase não requer manutenção. Normalmente, os equipamentos são instalados na cobertura e conectados à rede de distribuição da franquia, com baixo custo de manutenção.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos