Início Reforço na educação: alunos recebem computadores doados por meio do projeto Termelétrica nas Escolas

Reforço na educação: alunos recebem computadores doados por meio do projeto Termelétrica nas Escolas

5 de agosto de 2022 às 12:54
Compartilhe
Siga-nos no Google News
termelétrica, escolas, projeto
O projeto Termelétrica nas Escolas promove aulas e palestras em quatro módulo | Imagem: divulgação

A termelétrica EDF Norte Fluminense doou dezenas de equipamentos que vão reforçar o ensino em quatro escolas e demais entidades parceiras do projeto

O Projeto Termelétrica nas Escolas é uma parceria entre professores especialistas em geração de energia elétrica e empresários do setor, com o objetivo de promover informação e capacitação para alunos do ensino público no Rio de Janeiro sobre a geração de energia no Brasil. E essa iniciativa tem alcançado não só esses objetivos, mas também gerado bons frutos para a educação como um todo.

A Termelétrica EDF Norte Fluminense, localizada no município de Macaé, doou 38 computadores para as escolas e entidades sociais indicadas pelo projeto. Os colégios beneficiados são: C.E. Vanilde Natalino, C.E. Telio Barreto, C.E.Rachel Reid, C.E. Tomás Gomes, além do Instituto Federal Fluminense de Campos polo Guarus e do Projeto Inovar e Aprender.

Artigos recomendados

A diretora do colégio Télio Barreto, Ana Cristina, comemorou a doação dos computadores e disse que os equipamentos vão reforçar no dia-a-dia da unidade. “Os computadores chegaram em boa hora e vai ajudar muito na escola. A educação agradece”, comenta a gestora. A unidade tem alunos participando do projeto todos os sábados das 8h ao meio dia.

O projeto Termelétrica nas Escolas promove aulas e palestras em quatro módulos, com distribuição de apostilas, além de vídeo que contribuem com as aulas, visitas técnicas, de forma que os alunos tenham uma experiência imersiva acerca da geração de energia no Brasil.

Em nota enviada à reportagem do portal Click Petróleo e Gás, a EDF Norte Fluminense, que possui uma termelétrica em operação desde 2004 em Macaé, disse que sempre buscou contribuir muito além da energia gerada, estimulando o desenvolvimento das comunidades no entorno do seu ativo por meio de iniciativas socioculturais e ambientais.

Professores da escola Télio Barreto e coordenadores do projeto Termelétrica nas Escolas

O sonho de fazer o projeto crescer ainda mais

Após a conclusão dos módulos, os alunos são submetidos a uma prova sobre cidadania e os demais assuntos relacionados à energia elétrica abordados nas aulas. Os jovens ainda criam um projeto sobre energia elétrica alternativa, assim incentivando-os a entender o conceito de energia limpa e sua importância para uma sociedade sustentável.

Um dos Responsáveis pela Termelétrica nas Escolas, Pedro Costa, disse que o projeto está crescendo. “Estamos muito felizes com os resultados. Convidamos os empresários a apoiar e patrocinar o projeto que além de Macaé vai para Carapebus e Campos dos Goytacazes em 2023, onde ocorreu primeiro serviço público de iluminação da América do Sul, realizado por Dom Pedro II. Naquela época, a eletricidade era gerada pelo vapor das caldeiras à lenha.

“Nosso objetivo principal é alcançar os alunos dos colégios estaduais dos 92 municípios do estado do Rio de janeiro. E vamos conseguir, pois o projeto encanta os aluno a descobrirem o universo da eletricidade através dos professores, vídeos, apostilas, visita técnica e, em breve, um projeto inédito de vídeo game que estamos implantando”, fala Costa com bastante entusiasmo.

Os responsáveis pelo projeto Termelétrica nas escolas agradecem as parcerias das empresas AGR instrumentações, Escola José Rodrigues, Laboratório Tesalab, Fox Treinamentos, New Bike, e ao Portal Click Petróleo e Gás, que vem ajudando a divulgar esta bacana iniciativa.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes