R$ 38 milhões serão investidos pela Copel, em obras na subestação de Guaíra, no Paraná

Roberta Souza
por
-
28-09-2020 16:23:46
em Economia, Negócios e Política
obras, subestação, Paraná Subestação Guaíra

A Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel, aprovou na última quinta-feira o investimento milionário da Copel, em obras na subestação no Paraná

A Copel – Companhia Paranaense de Energia, anunciou um investimento de 38 milhões de reais na subestação em Guaíra, município situado na fronteira do Brasil com o Paraguai e o Estado de Mato Grosso do Sul. É previsto que os equipamentos antigos sejam substituídos por um novo transformador com uma potência maior. Essa mudança irá dobrar a capacidade de produção na subestação e irá beneficiar algumas regiões do estado do Paraná.

Veja ainda outras notícias do dia:

Moacir Carlos Bertol, diretor-geral da Copel Geração e Transmissão, disse que “Nossas equipes já iniciaram o planejamento dessa intervenção que será dividida em várias etapas. É um reforço muito importante para a segurança energética do Paraná nas próximas décadas e que também trará ganhos para a Copel”, explica. “Quando colocarmos em operação a subestação já renovada, teremos um incremento de quase R$ 6 milhões da Receita Anual Permitida da Transmissão”.

Na última quinta-feira, dia 24 de setembro, a Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica, autorizou o investimento por meio da Resolução nº 9.219. 2024 é o tempo previsto para o término das obras.

A potência de transformação da nova subestação Guaíra foi aumentada de 300 MVA para 600 MVA e irá integrar um novo tronco de transmissão previsto pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), com linhas em circuito duplo operando em extra alta tensão (525 mil volts) para conectar as subestações Foz do Iguaçu, Guaíra, Sarandi e Londrina. 

A maior vantagem desse tipo de tronco é que mesmo durante fortes estiagens no Sul, a energia proveniente de Itaipu e a energia vinda do Sudeste, ponto de conexão com a subestação de Assis em São Paulo, podem ser utilizadas para garantir o atendimento em toda a região. Além disso, este reforço em Guaíra reduzirá a tensão de rede de 765.000 volts de Itaipu, aumentando a confiabilidade do sistema em caso de desconexão acidental de equipamentos que fornecem partes da rede do estado.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos