Petrobras confirma venda de porcentagem na Deten Química para a Cepsa por mais de meio bilhão de reais

Petrobras, Deten, Cepsa Foto: Reprodução de Rafael Henrique, disponível no site Adobe Stock




Anunciada em 2021, venda da participação da Petrobras na Deten será concluída com o pagamento milionário da Cepsa, assim que fechado o acordo

Na quarta-feira, dia 27 de abril, foi autorizada pelo conselho de administração da Petrobras a cessão da totalidade de sua parte na Deten Química, que equivale a 27,88% da empresa, para a Cepsa. 

A parte da Petrobras na Deten Química, companhia situada no polo industrial de Camaçari, que já estava anunciada desde o ano passado, será vendida para a Cepsa por um valor de R$ 585 milhões, a ser liquidado no encerramento da transação. A venda realizada pela Petrobras contará com um depósito de 5% do preço – o que corresponde a R$ 29,25 milhões –, a ser descontado do total assim que houver o pagamento.

Artigos recomendados

De acordo com o veículo de notícias virtual Broadcast, a Petrobras – que realizou negócios com a TotalEnergies – anunciou que a negociação com a Cepsa acerca da porcentagem na Deten Química está subordinada à execução de condições pré-estabelecidas, como por exemplo o aval do Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência (Cade).

Conforme divulgado pela Petrobras, o valor da transação da parcela na Deten Química não leva em conta os ajustes que podem ser feitos até que o negócio seja fechado. A estatal, que negocia com a Cepsa, declara: “Essa operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhora de alocação do capital da companhia, visando a geração de valor para os seus acionistas”.

Você conhece a Deten Química? Confira a seguir um pouco sobre a companhia

De acordo com o site da própria Deten, instalada no Polo Industrial de Camaçari, ela iniciou em 1981 a sua fabricação de LAB (Linear Alquilbenzeno), levando o Brasil à era dos detergentes biodegradáveis. Desde então, é responsável pelo fornecimento de aproximadamente 95% do consumo da indústria brasileira de detergentes. Sua potência anual de produção é de 220.000 toneladas de LAB, além de 80.000 toneladas de LAS – Ácido Linear Aquilbenzeno Sulfônico, no entanto, já deu início aos projetos de expansões para 260.000 toneladas por ano e 120.000 toneladas por ano, respectivamente. Além disso, a empresa parceira da Petrobras produz 10.00 toneladas de ALP – Alquilado Pesado. A Deten é uma empresa que tem seu capital controlado pela Cepsa Química, com 72% de participação, até o momento.

Saiba mais sobre a Cepsa Química

A Cepsa é uma companhia mundial e integrada de energia e diversificada que atua em toda a cadeia de valor de petróleo, química e gás. Com mais de 90 anos de experiência, a Cepsa é líder na Espanha, país onde foi fundada em 1929, e já expandiu seus negócios para os cinco continentes.

Petrobras recebe pagamento de R$ 4,7 bilhões da TotalEnergies pela participação da companhia no campo de Atapu na produção de petróleo com foco no pré-sal

Durante a última terça-feira, (26/04), a estatal brasileira, Petrobras, anunciou o recebimento de um pagamento de compensação da TotalEnergies no valor de R$ 4,7 bilhões. Em razão da participação da companhia na produção de petróleo através do pré-sal no campo de Atapu, um dos mais importantes da empresa atualmente para a exploração da matéria-prima no território nacional.A estatal brasileira Petrobras anunciou nesta semana que recebeu um pagamento de compensação de 4,7 bilhões de reais (940,24 milhões de dólares) da TotalEnergies EP Brasil Ltda pelo campo petrolífero de Atapu, que possui uma produção de petróleo focada na exploração do pré-sal, uma das maiores apostas da empresa e do segmento petrolífero mundial para a expansão do setor durante os próximos anos no Brasil e em toda a cadeia produtiva do mundo. Para saber mais, clique aqui e leia esta outra matéria do CPG na íntegra.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos