Novo porta-helicópteros chega ao RJ para integrar a Marinha brasileira

PHM Atlântico porta-helicópteros do Brasil
 

O novo porta-helicópteros PHM Atlântico (A 140), da Marinha do Brasil, chegou à sua cidade natal no Rio de Janeiro no sábado, após uma viagem de 25 dias de Plymouth, no Reino Unido.

O ex-navio da Marinha Real (ex-HMS Ocean) foi reformado em Plymouth antes da tripulação brasileira ser submetida ao Treinamento de Marinha de Oficial de Bandeira (FOST) antes de sua viagem ao Brasil, que começou em 1º de agosto.

O Atlântico fez uma escala em Lisboa, Portugal, antes do início da sua jornada transatlântica. Em 23 de agosto, o navio recebeu a bordo do primeiro avião brasileiro, com helicópteros UH-15 Super Cougar, SH-16 Seahawk e Bell Jet Ranger pousados ​​no convés de vôo.

O Brasil comprou o navio de 202 metros da Marinha Real por um preço de £ 84 milhões. A HMS Ocean foi oficialmente desativada do serviço da Marinha Real em 27 de março de 2018, após 20 anos de serviço.

O porta-helicópteros de 22.000 toneladas é capaz de operar simultaneamente até sete aeronaves em sua cabine de comando e transportar até doze aeronaves em seu hangar. O navio chegou ao Brasil com 303 tripulantes e receberá mais 129 tripulações para operações.

Assistam: Pouso no PHM “Atlântico” visto de dentro da cabine de um UH-15 “Super Cougar” do 2° Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral.


The following two tabs change content below.
Paulo Nogueira
Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás como técnico de operações, Pressure Downrole Gauge Operator e em plataformas de completação do Brasil e exterior