Equinor contrata o floatel Safe Concordia para operações no Brasil

safe concordia brasil equinor offshore prosafe

O especialista em acomodações offshore Prosafe ganhou um contrato para o seu flotel Safe Concordia com a Equinor no Brasil.

De acordo com o contrato com a Equinor, o Safe Concordia, construído em 2005, fornecerá operações conectadas à via de apoio aos serviços de manutenção e segurança no FPSO de Peregrino, na Bacia de Campos, no litoral do Brasil.

Prosafe disse que a assinatura do contrato estava sujeita a certas condições. O contrato terá uma duração de 120 dias a partir de meados de janeiro de 2020, com até 60 dias de opções de extensão.
A Safe Concordia, diz Prosafe, foi pioneira na conexão de um passadiço a um FPSO ancorado em torre que desenvolveu o conceito em 2012. A plataforma, fornecida pela Keppel, pode fornecer acomodação para 461 pessoas. Anteriormente, estava em um contrato de 200 dias com a japonesa Modec no Brasil.

Vale lembrar, a Prosafe está se preparando para criar a maior empresa de acomodações offshore do mundo por meio de uma fusão com a Floatel, proposta em junho de 2019.

Se todas as condições forem atendidas, incluindo autorizações de autoridades de concorrência na Noruega e no Reino Unido, consentimentos necessários de seus credores e aprovações de acionistas, a transação deverá ser concluída no terceiro trimestre de 2019.

A fusão criará a maior empresa de acomodação offshore do mundo, com a Prosafe atualmente possuindo e operando um total de nove unidades de acomodação offshore, cada uma com capacidade de 300 a 500 leitos, e tem opções para a entrega de duas novas construções nos próximos cinco anos. A frota da Floatel conta com cinco unidades, cada uma com capacidade para 440-550 leitos.

Sobre Paulo Nogueira

Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, com experiência no setor O&G em empresas nacionais e internacionais.