Energia limpa na escola: governo do RN vai instalar usinas solares nas escolas estaduais

Roberta Souza
por
-
23-12-2021 16:58:31
em Energia Renovável, Energia Solar
energia, usinas, escolas, RN Foto: reprodução




O capital economizado na conta de energia, decorrentes da instalação de usinas solares nas escolas, poderá ser reinvestido em melhorias estruturais

O Governo do estado Rio Grande do Norte (RN) assinou, na segunda-feira 20 de dezembro, dois termos de cooperação com a Neoenergia-Cosern, com o intuito de viabilizar a instalação de placas solares em todas as 620 escolas que fazem parte da rede estadual de ensino. As primeiras medidas contratuais a serem tomadas serão a instalação de sistemas fotovoltaicos, e a substituição das lâmpadas convencionais por lâmpadas led no prédio sede da Secretaria de Estado da Educação e Cultura, no Centro Administrativo, em Natal (RN), cujo orçamento previsto é de R$819 mil.

Veja ainda:

Já outro documento que faz parte do acordo de instalação de energia solar nas escolas disponibiliza um prazo de até 90 dias para que a Neoenergia faça a realização de estudos e verifique quais são as condições de instalação dos sistemas em cada um dos colégios. Para isso, será destinada a verba de R$1 milhão, fruto de emendas do Senador Jean-Paul Prates (PT) para a instalação de novas tecnologias.

De acordo com informações do Governo do Rio Grande do Norte, espera-se que as usinas de energia solar comecem a operar nas escolas estaduais no primeiro trimestre do ano que vem e  a expectativa é de que se garanta uma economia de até 75% no consumo de energia.  

Além disso, os responsáveis afirmaram que a verba economizada com a energia elétrica será redirecionada para melhorias na estrutura das instalações das escolas estaduais, que são utilizadas por mais de 220 mil alunos todos os dias.

Outras usinas de energia solar

O Governo do Rio Grande do Norte também garantiu, no mês de dezembro, outra parceria com o objetivo de incentivar a geração de energia solar no estado. O projeto irá construir oito novas usinas de geração de energia solar nos municípios de Assu, Acari, Caicó, Alto Rodrigues, Governador Dix-Sept Rosado, Baraúnas, Jucurutu e Apodi.

Para isso, o investimento será de R$ 110 milhões e é fruto de uma parceria com a empresa Atua Energia, que irá gerar cerca de 320 empregos diretos até o final de 2023. Atualmente, o Governo do estado está agilizando os procedimentos de concessão de licenças ambientais e segurança jurídica. O plano também atenderá a 500 clientes que possuem consumo de eletricidade mensal em torno de R$ 10 mil. 

Geração de energia solar

A energia solar pode ser gerada por meio da conversão direta de energia solar em energia elétrica,  utilizando células fotovoltaicas, ou através do sistema heliotérmico, no qual a energia proveniente do sol é captada e utilizada para aquecimento de água em residências ou outros locais. Em ambos os casos, a geração de energia não é poluente e demanda pouca manutenção.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos