Início Empresário apaixonado por Fusca transforma o icônico besouro da Volkswagen em bar

Empresário apaixonado por Fusca transforma o icônico besouro da Volkswagen em bar

28 de julho de 2022 às 16:54
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Volkswagen - fusca - komi
Edvaldo Souza, conhecido como Vadinho, está no seu 12º Fusca – Imagem MidiaNews

Empresário customizou o Fusca de acordo com sua necessidade e sua inspiração foram as Kombis que já vendiam chopp na cidade. 

Assim como Edvaldo Souza, você também é apaixonado por Fusca? Hoje em dia, esse grupo de fãs só aumenta, independente de ser carros antigos ou novos, já que o fator mais encantador do carro é quantas memórias podemos guardar e celebrar com esse veículo de 4 rodas que te leva a quase todos os lugares. 

“O Fusca nunca deixou de ser amado, tanto por crianças quanto por idosos. Os jovens estão procurando para comprar e as pessoas de mais idade, que já tem, não vende”, diz o proprietário da ideia, também conhecido como Vadinho, que está sob posse do seu 12º fusca e já recebeu inúmeras ofertas para vendê-lo: “Minha filha sempre diz que esse Fusca é dela, que não pode vender”, este é o principal motivo de não ter aceito a proposta que chegou a valer R$25 mil reais. 

Artigos recomendados

Vadinho comprou seu primeiro Fusca aos 18 anos e o amor à primeira vista nunca acabou desde então. O mesmo transformou o seu icônico besouro Volkswagen modelo Itamar em um carro conversível e passou a empreender vendendo chopp.

O projeto não para por aí, a proposta atual de Edvaldo é aumentar os negócios e passar a vender espetinhos como acompanhamento da bebida, além de adicionar outros Fuscas. 

As Kombis que já vendiam chopp na cidade foram a inspiração para Edvaldo

Todo o processo aconteceu em um ano pandêmico mas não deixou de dar certo. O Vadinho passou customizar o Fusca aos poucos de acordo com sua necessidade e a inspiração foram as Kombis que já vendiam chopp na cidade. 

A customização é um trabalho bem detalhado e Vadinho costuma receber clientes que desejam estruturar ainda mais os seus carros. “O trabalho de corte, reforço e acabamento fica em média R$5 mil, com a pessoa já nos dando o Fusca. Leva em média de 3 meses para sair bem feito. Com pintura e tapeçaria, fica em média de R$15 mil a R$20 mil.”

A comunidade de amantes do carro é enorme e os eventos organizados, conhecidos como fusqueatas, também. O evento consiste em reunir, na própria cidade, donos de Fuscas e carros antigos para um passeio e a média varia de 60 a 80 veículos em datas especiais como o Dia Mundial do Fusca. 

O icônico besouro da Volkswagen pode valer R$ 100 mil no Brasil!

Movimentos como este vêm crescendo e, automaticamente, aumentando os valores no mercado automobilístico: “Antigamente, a gente comprava um por um valor de R$2 mil a R$5 mil. Hoje, para adquirir um Fusca em ótimo estado, você pode gastar até R$100 mil”, relata o admirador. 

Para finalizar, Edvaldo deixou um conselho para aqueles que desejam fazer parte dessa comunidade. Ele diz que o principal ponto é viver a paixão de forma leve e sem medo. 

“A minha indicação é, primeiramente, procurar a galeria do clube do Fusca em Cuiabá. Comprar um Fusca bom também é importante para não ter problema. Geralmente, muitas pessoas acham que Fusca é um carro ruim, mas é o mais fácil de dirigir, delicioso para andar, gostoso para ter em casa” concluiu. 

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes