Empresa Chinesa quer montar fábrica em Rio das Ostras, na divisa com Macaé

chineses da huawei
 

Cidade de Rio das Ostras é apresentada para a comitiva chinesa que demostrou interesse pela boa infraestrutura da ZEN

A cidade de Rio das Ostras, no litoral Norte Fluminense, recebeu a visita de uma comitiva de chineses interessados em conhecer a ZEN (Zona Especial de Negócios).
A visita do cônsul geral da República Popular da China, Li Yang, foi para tratar da instalação de uma fábrica da estatal chinesa de tecnologia, a Huawei.

Ao se confirmar a instalação da fábrica e os investimentos tecnológicos, será uma excelente notícia para os habitantes da cidade que sempre almejaram a atração de empresas estrangeiras para o município.
A comitiva de Rio das Ostras fez uma apresentação da cidade e a comitiva chinesa gostou muito da infraestrutura oferecida e da localização, próxima a BR 101 e o pólo offshore.

O diretor da estatal chinesa de tecnologia Huawei, Tyler Du, conversou com os representantes da cidade sobre a possibilidade de implantar uma unidade para Rio das Ostras e gostou do que viu na ZEN.
A comitiva de Rio das Ostras era formada formada pela secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Aurora Siqueira, o subsecretário Gilberto Menezes, e o assessor de Comunicação Social, Luiz Gustavo Tebaldi.

A instalação de uma fábrica deste porte em Rio das Ostras significará geração de renda e vagas de emprego, gerando desenvolvimento econômico no município, que agora aguarda a visita de uma nova comitiva chinesa, ainda neste semestre, desta vez mais técnica, para viabilizar o empreendimento.

Brasil e China

Os encontros entre os presidentes de Brasil e China fazem parte de um acordo de ampliar a cooperação em comércio, agricultura, cultura, turismo e esporte, além de aprofundarem parcerias em infraestrutura, manufatura, mineração, energia, capacidade industrial e inovação científica.

Pelo que temos visto, os investimentos e interesses dos chineses no nosso país já vem acontecendo desde o ano passado, como na retomada das obras do Comperj e mais recentemente na demonstração de interesse nos leilões da infraestrutura planejados pelo novo governo para este ano.

 

Paulo Nogueira

Sobre Paulo Nogueira

Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás como técnico de operações, Pressure Downrole Gauge Operator e em plataformas de completação do Brasil e exterior