EDP Renováveis vai construir usina eólica no Rio Grande do Norte

Rio Grande do Norte

Confirmando forte crescimento do número de projetos de energia renovável no Brasil, nova usina no Rio Grande do Norte terá capacidade instalada de 126 megawatts e contrato de venda da energia será de 20 anos

A EDP Renováveis, empresa controlada pela portuguesa Energias de Portugal (EDP), anunciou a construção de uma usina eólica no Rio Grande do Norte com capacidade instalada de 126 megawatts.
O anúncio foi feito na última segunda-feira (08/07), depois que a EDP confirmou a venda da produção da usina por um período de 20 anos.

O planejamento da companhia é que a usina comece a operar em 2022 e que, com o contrato da venda da energia já assinado por 20 anos, outros projetos, como Monte Verde VI e Boqueirão I e II sejam viabilizados.

O número de projetos de energia renovável no Brasil tem aumentado substancialmente com a implantação do chamado mercado livre de eletricidade, que consiste na venda de energia futura à empresas privadas.

Com este novo projeto de usina eólica no Rio Grande do Norte, a EDP alcança 3,3 gigawatts e segue em busca de sua meta global que consta em seu plano estratégico, de ter cerca de 7 gigawatts em projetos no período 2019-2022.

A EDP no Brasil

Em comunicado a empresa declarou “Atualmente, a EDP Renováveis tem 467 MW em parques eólicos de tecnologia ‘onshore’ (em terra) instalados no Brasil, e com esse novo contrato a EDP R reforça sua presença em um mercado com um baixo perfil de risco, por meio do estabelecimento de contratos de longo prazo, ativos renováveis atraentes e sólidas perspectivas de médio e longo prazo”.

No Brasil a empresa atua com a EDP Renováveis, focada em usinas eólicas e solares, e com a EDP Energias do Brasil, que controla ativos de geração, transmissão e distribuição de eletricidade.

Porto do Açu foi destaque internacional em matéria da CGTN, principal canal em língua inglesa da China, enaltecendo grandes oportunidades de negócios e atividades portuárias entre as duas nações !

Sobre Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)