Início Dabi Business Park e Bio Energy Hub firmam parceria para inovação na área de energias renováveis

Dabi Business Park e Bio Energy Hub firmam parceria para inovação na área de energias renováveis

15 de junho de 2022 às 12:35
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Energias renováveis - energia renovável - Hub - Bio Energy - Dabi Business Park e Bio Energy
Expansão ono mercado nacional de energias renováveis Bio Energy e Dabi Business realizam evento – imagem: Divulgação

Com apoio do DBP, evento “Oportunidades de Inovação e Negócios em Energias Renováveis” abre agenda de ações conjuntas que pode incluir a chamadas públicas e programas de aceleração.

O centro empresarial Dabi Business Park, de Ribeirão Preto (SP), e o hub de inovação Bio Energy Hub, com sede em Sertãozinho (SP), firmaram parceria para o desenvolvimento de ações de inovação aberta nas áreas de etanol, biomassa, biogás, energia solar, hidrogênio e outras fontes renováveis.“ Este é um passo importante para criar na região de Ribeirão Preto uma nova referência em open innovation na área de bioenergia.

A importância do projeto da Dabi Business Park e Bio Energy para o mercado de energia renovável

A união da estrutura do Dabi Business Park e de suas empresas residentes com a rede de startups, corporações e especialistas que reunimos no hub são insumos valiosos para novos projetos”, explica o founder e CEO do Bio Energy Hub, Marcos Eduardo de Oliveira.

Artigos recomendados

O primeiro evento com apoio do Dabi Business Park, “Oportunidades de Inovação e Negócios em Energias Renováveis”, será realizado em conjunto entre Senai e Bio Energy Hub, dia 23 de junho, às 8h, na Escola SENAI Ettore Zanini, em Sertãozinho — SP. As inscrições podem ser efetuadas no site oficial do Bio Energy.  

“Trazer para perto das empresas residentes no Dabi Business Park o conhecimento, as iniciativas e os contatos que o Bio Energy Hub tem reunido reforça nosso papel de conectar pessoas e empresas visando gerar inovação e novos negócios”, avalia o gestor da Área 51, o hub de inovação do centro empresarial, Ricardo Agostinho.

Chamadas públicas

Além de eventos de conteúdo e network, a parceria permitirá a realização de chamadas públicas de inovação, pitch days para apresentação e seleção de startups, hackathons, programas de pré-aceleração de ideias e programas de aceleração de startups e outros eventos que fomentam a chamada inovação aberta.

“É essencial para a sobrevivência das organizações mudar a forma de desenvolver novas soluções. A ideia é romper com o paradigma das extensas e caras pesquisas realizadas dentro das empresas para o modelo de open innovation cujo objetivo é cocriar com parceiros e startups de forma mais simples, rápida e com menor custo, criando uma relação win-win”, explica Oliveira.

Nordeste é líder no mercado de energia renovável brasileiro, atraindo R$ 62,2 bilhões em investimentos

Nos últimos anos, Pernambuco entrou no grupo dos cinco maiores produtores do mercado de energia renovável, atraindo diversas parcerias e investimentos, mas que ainda são quase desconhecidas na região Nordeste, inclusive em questões de publicidade pelo próprio governo do estado.

Enquanto isso, Pernambuco já é o quarto estado com mais projetos de energia solar, somando 2,989 MW, ficando a frente do Ceará.

Estima-se que, nos próximos anos, ultrapassará também o Rio Grande do Sul na produção de energia eólica. Atualmente, o estado tem cerca de 417 aerogeradores, mas deverá dobrar o número daqui a alguns anos.

Com o Nordeste na liderança da produção de energia renovável, o potencial do negócio de energia renovável no estado de Pernambuco, de acordo com Reive Barros, Diretor de Construção da CHESF, é de 74 GW em energia eólica e de cerca de 1.220 GW em energia solar.

Relacionados
Mais recentes