Bloco exploratório S-M-857 arrematado pela Eni em 2006 será licitado pela ANP

Pré-sal
 

ANP vai licitar área no pré-sal arrematada pela Eni do leilão suspenso em 2006. A área é parte do bloco exploratório Aram, previsto para o 6º leilão do pré-sal em 2019

Muitos anos se passaram e a Agência Nacional do Petróleo (ANP) vai licitar em 2019 o bloco exploratório S-M-857, em águas profundas da Bacia de Santos, arrematado pela Eni. A área é parte do bloco exploratório Aram, previsto para o 6º leilão do pré-sal no próximo ano.  Depois de suspensa em 2006 pelo governo após descoberta de Tupi, a empresa Eni tinha esperança em reaver uma concessão na Bacia de Santos, arrematada na 8.ª Rodada de Licitações da ANP, sendo a única referência a seu futuro no País. Depois, Eni espalhou postos de gasolina pelo País e tentou adquirir uma “cara” brasileira. A partir de 2004, foi se desfazendo pouco a pouco dos ativos, até restar apenas um escritório no Rio, à espera de oportunidades no pré-sal.

No primeiro leilão da Agência Nacional do Petróleo (ANP), antes de a Petrobras e o governo Lula anunciarem a descoberta oficial do pré-sal, a multinacional petrolífera Eni em disputa com grandes empresas como Petrobras, o consórcio Norsk Hydro e Repsol e a Shell; ofertou o maior lance por um bloco exploratório com potencial para gás na Bacia de Santos, em uma concorrência da ANP no valor de R$ 307,3 milhões.

Na época, uma liminar obtida na Justiça Federal pela então deputada federal Clair da Flora Martins (PT/PR), acabou suspendendo a concorrência no meio do primeiro dia em torno de uma decisão da diretoria da ANP, para evitar a concentração de áreas. Claro que houve desagrados com a decisão de fragmentar o número de operadores, principalmente por parte da Petrobras na época, sentindo que a empresa seria prejudicada na concorrência.

Sendo determinado em dezembro de 2012 pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), que a ANP tomasse as devidas providências legais para o efetivo cancelamento da disputa, a diretoria da ANP em fevereiro de 2013, formalizou o cancelamento da rodada, determinando a devolução de todas as taxas de participação e garantias de ofertas aos participantes.

Em defesa que havia sido vencedora da licitação para a concessão do S-M-857, a Eni submeteu uma ação contra a União e a ANP com o objetivo de invalidar a Resolução do CNPE. O encerramento da pendência da 8ª rodada que se arrastava a quase oito anos foi revogado em julho de 2014, pela justiça. A decisão liberou as áreas para serem novamente licitadas sob o regime de partilha da produção.

Em novembro de 2007, depois de uma reunião do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) realizada na sede da Petrobras, a então ministra de Minas e Energia, Dilma Rousseff anunciou a descoberta do pré-sal e a retirada de 41 blocos exploratórios do leilão nas bacias de Campos, Santos e Espírito Santo. Mesmo com a incerteza do seu destino, Eni que teria o bloco arrematado na 8ª rodada, voltou a se inscrever na 9ª rodada da ANP. Após o ocorrido, Eni nunca mais voltou a um leilão da ANP.

O interessante é que todas as suas operações tenham sido adquiridas justamente pela Petrobrás; a rede de postos, a distribuidora de gás Liquigás, e agora, a GasBrasiliano. A estatal também pode lhe tomar o bloco exploratório da 8.ª Rodada. Ao contrário da Eni, a Petrobras ampliou e muito, suas asas nesse período. Saiba mais, com Castello Branco Petrobras vai focar em sua atividade principal!


Candidatos: Cadastrem seus currículos conosco | Empresas: Temos Soluções Incríveis que Ajudarão em Seus Recrutamentos

Você é recrutador ou esta a frente do Recursos Humanos de uma empresas sabe como é difícil recrutar o profissional ideal para sua empresa.  Sabemos como o processo de seleção é árduo porque muitas pessoas mandam seus currículos para funções que elas não tem atribuições, sobre-carregando os servidores e as vezes, obrigado até mesmo trocar de e-mail.    

Nós temos um sistema no qual é possivel escolher seus profissionais através de filtros, e mandar um único comando personalizado para as pessoas que passaram e não passaram no processo de seleção, isso com opção ou não de revelar seus contatos. Mas se desejar pesquisar seu candidato ideal em nosso banco de dados, também é possível, temos um grande Banco de Dados qual os melhores profissionais do Brasil com a sua área desejada de atuação. Acessem o nosso PORTAL DE VAGAS E EMPRESAS AQUI e experimente nossos recursos. Garantimos que vocês não irão se arrepender.

The following two tabs change content below.
Flavia Marinho

Flavia Marinho

Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica com ênfase em Automação , Inglês avançado e experiência na indústria de construção naval no estaleiro Brasfels (KeppelFells). Conhecimento dos processos de KPI, planejamento de tubulação, comissionamento e construção de drilling rigs, FPSO’s e reparos.