Início A fabricante de veículos de grande porte Iveco tem planos de investimentos de R$ 1 bilhão na América Latina nos próximos 3 anos

A fabricante de veículos de grande porte Iveco tem planos de investimentos de R$ 1 bilhão na América Latina nos próximos 3 anos

14 de fevereiro de 2022 às 17:44
Compartilhe
Siga-nos no Google News
veículo – investimento – Iveco
Caminhão a gás da Iveco/ Fonte: Blog do Caminhoneiro

Iveco fará investimento bilionário na América Latina durante os próximos anos

A Iveco, quinta maior fabricante de caminhões e ônibus no Brasil, com fábrica de veículos sediada em Sete Lagoas, no estado de Minas Gerais, anunciou na última semana que pretende realizar investimentos de R$ 1 bilhão na América Latina até o ano de 2025. Nos 25 anos em que a Iveco opera no país, esse é o maior plano de aportes já feito pela empresa.

Leia também:

Dessa quantia, mais da metade será gasta para desenvolver novos produtos, incluindo veículos movidos a gás, os quais têm o início da produção previsto para o fim de 2022 ou início de 2023. Uma parte significativa desse aporte também será utilizada para nacionalizar os componentes, com o objetivo de fugir da variação de câmbio, conforme explicou Márcio Querichelli, presidente da empresa na América Latina.

No Brasil, quase 7% do mercado de caminhões é de posse da Iveco e a produtora tem a meta de alcançar os 10% de detenção no país.

Com o objetivo de fortalecer a Iveco na região da América Latina, uma parte do valor destinado aos investimentos será aplicada na fábrica da Argentina e nas operações de venda dos demais países da região.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

Atualmente, a Iveco conta com 2.500 funcionários, tendo sido mil deles contratados no ano passado. Além disso, a empresa é uma das poucas a atuar nos três turnos de trabalho em diversos setores da fábrica em Sete Lagoas. De acordo com o presidente da Iveco, a empresa tem trabalhado perto do limite da capacidade e avalia alternativas para aumentá-la, visto que o mercado continuará crescendo.

Em 2021, a Iveco apresentou um crescimento de 120% na produção se comparado a 2020, com um total de 22 mil veículos produzidos no Brasil e na Argentina. Para 2022, a expectativa é de que esse número chegue a 30% de acordo com Querichelli, mas tudo dependerá da disponibilidade dos componentes eletrônicos, que estão escassos no mercado.

Investimento em veículos a gás

O primeiro veículo movido a gás que será produzido no Brasil é um caminhão, do setor de pesados, ou seja, de grande porte. O investimento nesse tipo de veículo se deve ao crescimento de vendas motivado pela força dos segmentos de agronegócio, construção e o e-commerce no país.

“Já temos um portfólio completo na Europa e vamos trazer o projeto para cá e fazer as adaptações necessárias”, disse Querichelli. Além disso, os ônibus a gás também são alvos da Iveco para o país.

O presidente também informou que os veículos elétricos também são alvos da Iveco, porém para serem importados. Inicialmente, está prevista a importação pela van Daily, mas ainda não foi definida a data de chegada desses veículos ao Brasil.

A Iveco está com investimentos em mudanças no seu portfólio de produtos e, no passado, registrou aumento de quase 70% nas vendas de caminhões, num mercado que cresceu 43,5%. No setor de ônibus, que registrou apenas 0,9% de melhora em relação a 2020, o desempenho na Iveco cresceu 69%.

Relacionados
Mais recentes