Retomada do setor de óleo e gás – Evento Conectividade em Macaé

Organizado pela CEPEM, a finalidade do evento foi mostrar as novas perspectivas do mercado de óleo e gás sob o olhar das grandes empresas

O mercado de óleo e gás brasileiro começa a dar sinais claros de recuperação, mas apesar de estarmos longe do ideal, há uma movimentação e articulação intensa no setor de empresas  e players especializadas em E&P. O evento Conectividade que aconteceu em Macaé, no Hote Royal Atlântica, organizado pela CEPEM (Centro de Psicologia Empresarial) que reuniu vários representantes de algumas grandes empresas atuantes neste mercado, cujo o objetivo foi discutir  diretrizes e  necessidades de readaptação à nova realidade, sobre tudo, em municípios produtores de petróleo.


O Evento reuniu representantes da Aker Solutions, MODEC, Porto do Açú, Helix e Tauil & Chequer como os palestrantes, a plateia convidada de também estava composta por muitos outros empresários que atuam direta e indiretamente no ramo, de olhos nas novas tendências e projeções.

Falando em projeções, está claro que a Aker Solutions está vindo forte e competitiva! Woodson, representante da empresa e o primeiro palestrante após a introdução do painel, deixou isto claro. Ela adquiriu muitos projetos no pré-sal, além da Petrobras, agora ela têm contrato com a Statoil e novos projetos para a cidade de Macaé( ACESSEM A MATÉRIA AQUI).

Alexandre Calmon, Sócio Energy Practice, apresentou novos gráficos e estudos sobre curvas de produção de petróleo nos próximos 4 anos, mostrando que o Brasil será o maior mercado offshore, pelo menos neste período se levarmos em conta o números de unidades operantes e quantidade de pessoas trabalhando nesta indústria.

Já na no ciclo de descomissionamentos que se aplicam à  embarcações inservíveis ou de plataformas em fim de ciclo,  segundo Mauro, é um outro mercado que terá mobilizações até 2024, segundo às projeções atuais do Brasil. Além disso, haverá leilões das unidades que estão ociosas para dar lugar a novas frontas mais modernas.

Alguns representantes de RH deixaram claro no painel, pelo menos os que estavam presentes, que não fazem recrutamento por Facebook ou Whatsapp, mas usam a plataforma como complemento, então é necessário policiamento sobre o que vocês escrevem ou seguem em suas redes sociais. Mesmo assim, há profissionais que acham anti-ético o uso desta plataforma para fins de recrutamento. Até mesmo na área de RH, há muita tecnologia e estudo para otimização destas atividades. O Linkedin será amplamente utilizado nos próximos anos, façam seus cadastros nesta plataforma também.

Logo abaixo, deixaremos alguns dos vídeos ao vivo do evento na integra transmitidos pela equipe da CEPEM

Link 1 – Abertura do evento

Link 2 – ´Projeções e perspectivas do mercado

Link 3 – Recursos Humanos, ética e tecnologia

Baixem o nosso aplicativo para Android, notícias e vagas de empregos na palma da mão com atualizações diárias, sempre focado em processos seletivos reais e com fontes de alta credibilidade. O app é leve e economiza muitos dados móveis, já que a maioria de nossos leitores acessam as nossas matérias em dispositivos móveis. Temos catalogo de produtos, cursos relacionados, empresas que estão contratando, dicas, vídeos e interação entre os usuários. BAIXEM AGORA NA PlayStore CLICANDO AQUI.

Paulo Nogueira

Apaixonado pelo ramo do petróleo e energia, eu e minha equipe dedicamos parte do nosso tempo provendo informações sobre economia e oportunidades deste setor através de fontes oficiais das empresas e comunicados a imprensa.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.