Construção do Porto São Luís vai gerar 4 mil empregos diretos: Mandem seus currículos

Construção do Porto São Luís vai gerar 4 mil diretos
 

Empresários chineses compraram 51%  da construção do Porto no Maranhão oficialmente e a obra deve durar 4 anos com a promessa de muito trabalho à vista

Claramente a nova sensação economia que muita cidades de diferentes estados querem adotar para aumentar o caixa de entrada e empregabilidade, é a construção de portos, que e o caminho relativamente mais rápido, alinhado a iniciativa privada e acordos de importação e exportação com outros países. Os chineses em particular, tem interesses em várias de nossas cadeias produtivas, não importando se é no setor de petróleo, exportação ou construção, a verdade é que eles ao poucos estão ocupando uma boa fatia do nosso mercado.

Na última sexta-feira(16), uma comitiva de empresários chineses e brasileiros lançaram a parceria para a construção/ampliação do Porto São Luís e de acordo com os termos, as obras serão concluídas em 4 anos e vão gerar 4 mil empregos diretos. A capacidade inicial será por volta de 15 milhões de toneladas anualmente. Realmente um “negócio da China” que vai movimentar a economia dos 2 países e exportações em regime de troca de bens de consumo.

O porto terá capacidade inicial de movimentação de 7 milhões de toneladas de grãos, 3 milhões em fertilizantes, 2,7 milhões de combustível líquido e 2,3 milhões de carga geral. A China Communications Construction Company (CCCC) será a sócia majoritária do porto com 51%, a Lyon Capital com 20% e 24% da WPR. Os demais 6% irão pertencer aos minoritários. Especialistas alegam que geograficamente, o porto ficará em vantagem aos demais portos  geograficamente por ficar mais perto da Europa, EUA e Panamá. A intenção éque São Luis seja a porta de entrada e saída para a produção mundial.

Gostariam de trabalhar nestas obras? Saibam como mandar seus currículos abaixo

[sociallocker id=1255]Acessem o site http://www.wtorre.com.br/trabalheconosco/ para enviar seus currículos, você será direcionado para o site da Wtorre, uma das sócias da CCCC e altamente especializada em construções pelo Brasil. Boa sorte e nos avisem caso vocês sejam contactados.[/sociallocker]

The following two tabs change content below.
Paulo Nogueira
Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás como técnico de operações, Pressure Downrole Gauge Operator e em plataformas de completação do Brasil e exterior