Por que as energias renovareis solar e eólica estão crescendo tanto nos últimos anos?

Valdemar Medeiros
por
-
18-10-2020 11:49:44
em Energia Renovável
energia solar - eólica Painel de energia solar e torres eólicas – edição

A energia solar e eólica são duas fontes renováveis de energia. A primeira utiliza o sol como fonte de produção energética e a segunda utiliza a força dos ventos como fonte. Para a energia solar é comum o uso de painéis solares. Para a eólica usam-se hélices.  

Dentre as fontes renováveis, a energia Solar e Eólica são as que merecem maios destaque, tanto pelo seu potencial de geração elétrica quanto pela capacidade instalada no mundo. Mas quais são as principais características de cada uma? Quais as diferenças entre elas? Quais as regiões do Brasil que possuem maior potencial para cada uma delas? E porque essas alternativas estão crescendo tanto nos últimos anos?  

Leia também

Especialista comenta potencial do Brasil para energia solar e eólica  

Segundo ele, o Brasil é privilegiado para produção de energia solar por ser um país tropical e com um litoral muito longo. Nas áreas litorâneas, o vento é muito favorável para a produção de energia eólica.  

O principal problema para a produção de energia solar para indústrias é a necessidade de grandes áreas para instalação de painéis solares. E como esses têm vida útil limitada, o descarte deve ser feito com cuidado para não agredir o meio ambiente.  

Para a captação eficiente de energia eólica é necessário instalar hélices de três pás. As torres de energia não podem ser instaladas em lugares residenciais. De acordo com Vivaldo, ainda falta segurança jurídica e valor mais baixo para produzir esses tipos de energia.

Energia eólica e solar – qual delas tem um maior potencial de expansão no Brasil?  

Apesar do alto crescimento da geração eólica, a fonte alternativa com maior potencial de expansão no Brasil é a energia solar, que deve ganhar força não apenas em usinas, mas também na casa dos consumidores.  

É possível produzir sua própria energia com a instalação de painéis fotovoltaicos no telhado de casa, por exemplo. Esse conceito leva o nome de geração distribuída. “O Brasil terá 28 gigawatts de plantas solares de geração centralizada instaladas. Na geração distribuída, esperamos ter 97 gigawatts de pequenos sistemas solares no país inteiro até 2040”, afirma Lilian. “Isso representa por volta de 9,5 milhões de casas.”

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe