Início Fábrica da Votorantim Cimentos em Cajamar (SP) torna-se mais sustentável com a utilização de biocombustíveis

Fábrica da Votorantim Cimentos em Cajamar (SP) torna-se mais sustentável com a utilização de biocombustíveis

25 de julho de 2022 às 21:20
Compartilhe
Siga-nos no Google News
biocombustíveis energia combustível carros elétricos emissões de carbono
Foto: Pixabay

A empresa Votorantim Cimentos decidiu utilizar biocombustíveis em sua planta de produção em Cajamar. A Fábrica substitui o uso de combustíveis fósseis por biocombustíveis em seu processo de secagem de areia, assim expandindo a sustentabilidade da produção.

Nesta última segunda-feira, (25/07), a empresa Votorantim Cimentos, empresa de construção e soluções sustentáveis, anunciou que trocou o combustível fóssil por biocombustíveis na produção de argamassa em sua fábrica localizada em Cajamar, na região metropolitana de São Paulo, com o objetivo de garantir mais sustentabilidade em sua planta de fabricação.

A biomassa usada pela Votorantim Cimentos é resultado da transformação de outros resíduos

Dessa forma, é importante citar que a biomassa utilizada no processo é resultado da transformação de outros resíduos de processos industriais em combustível. A fábrica de Cajamar usou o biocombustível para a secagem industrial do calcário, sendo uma das matérias-primas aplicadas na produção de argamassa. Após passar pelo processo de secagem, o calcário é moído e transformado em areia, que compõem a argamassa com o aditivo e o cimento.

Artigos recomendados

Na unidade paulista de Cajamar mais de 200 mil toneladas de calcário são secas todos os anos para a produção de areia. A fábrica Votorantim Cimentos investiu cerca de R$ 4 milhões na troca de equipamentos específicos e a empresa utilizou biocombustíveis no lugar dos poluentes combustíveis fósseis na sua totalidade, com ainda mais ganhos tanto ambientais quanto econômicos, de acordo com a empresa.

Além disso, segundo o gerente geral de argamassa da empresa Votorantim Cimentos, Carlos Vicente Flores, a fábrica de Cajamar trabalha de forma sustentável no conceito de economia circular:  “Adotamos uma abordagem regenerativa na maneira de fazer negócios, eliminando resíduos, revalorizando subprodutos de outras indústrias e ampliando o uso de recursos renováveis. Essa iniciativa em Cajamar reduz os impactos ao meio ambiente, pois estamos transformando em combustível um resíduo que antes era descartado”, afirma Carlos Vicente.

Com essa decisão, a empresa Votorantim Cimentos aumenta o uso de biocombustíveis na sua produção de argamassa no Brasil. A empresa também conta com mais duas unidades de argamassas com aproveitamento de energia térmica em processos de produção de areias: Rio Branco do Sul (PR) e Belém (PA).

A iniciativa está em sintonia com os compromissos de sustentabilidade para 2030

De acordo com a empresa, a decisão do uso de biocombustíveis em Cajamar está em sintonia com os compromissos de sustentabilidade para 2030 da Votorantim Cimentos, especialmente nos fundamentos de pegada ambiental e econômica da empresa. O lançamento dessas metas, ainda em 2020, alinha todas as operações mundiais da companhia às demandas atuais e também futuras de toda a sociedade, garantindo mais sustentabilidade.

Com isso, a meta da companhia Votorantim Cimentos é atingir cerca de 53% de substituição térmica, porcentagem de combustíveis alternativos aos combustíveis fósseis, e reduzir o fator clínquer — principal componente presente na composição do cimento — 68%, visando 2030. A empresa também destaca que a expectativa,  já no longo prazo, é que a companhia comprometa-se a desenvolver e implantar tecnologias que permitam entregar para a sociedade um concreto com emissão neutra de carbono até 2050.

“Para a Votorantim Cimentos, a sustentabilidade é uma jornada que caminha com sua trajetória. Em 2020, a companhia deu mais um passo ao renovar seus compromissos em sustentabilidade estabelecidos anteriormente. Para atender às novas necessidades da sociedade, os compromissos também estão integrados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, uma pauta global com 17 objetivos e 169 metas a serem alcançadas até 2030”, salienta a empresa Votorantim em nota divulgada à imprensa.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes