Bônus para o consumidor que conseguir economizar energia será menos de R$ 1 por kWh na conta de luz

Fábio Lucas
por
-
30-08-2021 22:45:54
em Energia Renovável
energia - conta de luz - energia Rio de Janeiro – Consumo de energia elétrica, lâmpada e interruptor de luz. (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Desconto para o consumidor que conseguir economizar será menor do que R$ 1 real por kWh.

A crise energética no Brasil é preocupante, com especialistas afirmando que se nada for feito existe um risco real de apagão. O governo federal está pressionado e, por conta disso, vem buscando alternativas para reduzir o consumo de energia. Uma das soluções apresentadas foi a possibilidade de ser concedido um desconto para os clientes que economizarem energia, possibilitando uma conta de luz mais barata.

Segundo informações do Broadcast, o governo ainda não definiu o valor que será descontado para os clientes que conseguirem economizar. Contudo, o governo de Jair Bolsonaro cogitou dar um desconto de R$ 1 real para cada quilowatt-hora de energia economizado. Contudo, a proposta foi rapidamente descartada por se tratar de algo que não teria um equilíbrio financeiro para o setor enérgico do país. 

Valor exagerado no desconto da conta de luz? 

Os técnicos do setor afirmaram que o valor é exagerado por representar um montante de R$ 1 mil para cada megawatt-hora. Hoje, o consumidor brasileiro paga uma tarifa média de R$ 607,60 por cada MWh. A situação hídrica do país é preocupante, contudo, o entendimento é que não vale a pena dar um desconto tão alto para economizar energia. 

energia - energia limpa - conta de luz - consumo
Rio de Janeiro – Consumo de energia elétrica, lâmpada e interruptor de luz. (Fernando Frazão/Agência Brasil)

O programa de incentivo a redução do consumo de energia foi anunciado por Bento Albuquerque, Ministro de Minas e Energia. O programa terá uma meta mínima de economia de energia para o consumidor ter direito ao crédito. A proposta do programa ainda não está fechada, contudo, a expectativa é que os consumidores que economizarem entre 10% e 20% de energia ganhariam desconto. 

Os descontos dos clientes que conseguirem reduzir o consumo de energia serão bancados através do Encargo de Serviço do Sistema, o ESS – taxa que é cobrada na própria conta de luz. O projeto tem como o principal objetivo evitar apagões em momentos de pico do uso da energia. Caso o programa seja um sucesso, a redução da demanda possibilitará a redução do custo de geração.

Tags:
Fábio Lucas
Jornalista brasileiro, amo esportes, notícias e política. Já contribui em diversos outros portais relacionados a esportes, economia e informações regionais.
fwefwefwefwefwe