ANP registra nova alta do GNV em Niterói e motoristas de aplicativos se preocupam

Valdemar Medeiros
por
-
20-09-2021 11:33:09
em Petróleo, Óleo e Gás
- RJ ANP - Niterói - GNV - motoristas de aplicativo Legenda: A taxa de câmbio e cotação do petróleo fizeram o custo do produto reajustar em 39% em abril, mas o aumento tem chegado às bombas neste mês de maio. Foto: Helene Santos / Diário do Nordeste

O GNV recebeu um novo aumento em Niterói de acordo com dados divulgados pela ANP. Alguns motoristas de aplicativos se preocupam com aumento, mas por hora, o GNV ainda é um dos melhores aliados dos consumidores na hora de abastecer

O custo alto para os consumidores abastecerem gera um enorme impacto no orçamento dos brasileiros, principalmente para os motoristas de aplicativos, taxistas e entregadores que utilizam carros ou motos como ferramenta de trabalho. Diversos motoristas de aplicativos, fretes, carros de transporte e outros trabalhadores encontram no GNV uma forma de escapar do aumento constante da Gasolina, Diesel e Etanol. Entretanto de acordo com a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) a conta também pode acabar ficando mais cara para aqueles que abastecem com GNV em Niterói.

Leia outras noticias relacionadas

ANP afirma que o GNV teve alta de R$ 4 em Niterói

O valor médio do GNV em Niterói de acordo com o levantamento semanal mais recente publicado pela ANP é de R$ 3,97, chegando a custar R$ 3,99 em alguns pontos da cidade. A média do etanol em Niterói de acordo com a ANP é de R$ 5,55, chegando a R$ 6,29 em alguns pontos da cidade.

Já a gasolina comum está na média de R$ 6,56 segundo a ANP chegando a custar R$ 6,99 para os consumidores de Niterói. O diesel está com o valor médio de R$ 4,64, podendo chegar no preço de R$ 4,69 aos consumidores. Esses dados foram fornecidos pela ANP entre os dias 12 e 18 de setembro.

Apesar da alta, GNV ainda é umas das melhores opções

Apesar do aumento no GNV mostrado pela ANP, o combustível continua sendo a melhor opção para os consumidores não só de Niterói. Motoristas da Paraíba também percebem uma economia que pode chegar a R$ 700 reais por mês.

Neste mês a PBGás realizou um levantamento que mostra que a média do preço da gasolina em alguns postos da capital é de R$ 5,88 enquanto o valor do GNV é apenas de R$ 4,15. Além de ser uma diferença enorme de preço, também há uma diferença enorme em questão de eficiência e desempenho.

Motoristas de aplicativos que rodam 3 mil km mensais com gasolina, gastam R$ 1.648, já os que utilizam do gás, gastam apenas R$ 943. De acordo com o diretor da companhia, Jailson Galvão, essa é uma economia enorme para os motoristas de aplicativos, que precisam fazer viagens mais longas e utilizam o carro como uma forma de garantir a renda da casa.

Outras formas de abastecimento ganham autonomia, como é o caso do GNC

Além do GNV ter um ótimo preço, outro gás que tem ganhado popularidade é o biogás, conhecido como GNC. Proprietário de postos de combustíveis do Rio de Janeiro, Wallace Reis, afirma que começou a comercializar o GNC há cerca de um ano, devido sua alta eficiência.

Segundo o proprietário, diversos clientes não percebem que estão utilizando o GNC, pois é parecido com o GNV e também afirma que os clientes sempre retornam após perceberem bons resultados de autonomia e desempenho.

Outra grande vantagem do GNC é o seu nível de segurança, que é bem maior que outros combustíveis. Por ele ser mais leve que o ar, em casos de vazamento, pode ser facilmente dissipado, reduzindo as chances de incêndio ou explosões. Para se ter noção, o biogás inflama a 320°C a mais que a gasolina.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe