A construção da Termoelétrica Porto de Sergipe à todo vapor

termoeletrica sergipe ge vagas
 

Entendam como a maior termelétrica da América Latina, Porto de Sergipe I, vai colaborar para a segurança da transmissão de energia e redução de blecautes no Brasil

A construção da nova usina termoelétrica Porto de Sergipe I, da empresa Centrais Elétricas de Sergipe S.A. (CELSE), está a todo vapor e agora chegou a hora de falarmos mais sobre detalhes do projeto que são fundamentais para que todo o potencial da usina chegue se conecte à rede. Após a chegada das turbinas a gás mais eficientes do mundo, estão sendo instalados equipamentos de alta tensão na subestação da planta. São eles que farão o trabalho invisível de proteção elétrica e a transmissão da energia em 500kV até a Rede Básica do sistema elétrico nacional.

A Grid Solutions, divisão de transmissão e distribuição da GE, tem na usina Porto de Sergipe um de seus maiores contratos. Responsável pelo projeto, fornecimento, instalação de todos os equipamentos de alta tensão, também fará uma linha de transmissão e duas subestações destinadas à transformação, medição, proteção e manobra da eletricidade produzida pela planta.

Os equipamentos de alta tensão recém-chegados, todos fabricados no Brasil, elevarão a tensão da eletricidade produzida pela planta, além de potencialmente garantir a transmissão da energia de forma segura.

Instalação da Rede Elétrica

DESVENDANDO A OPERAÇÃO

A usina Porto de Sergipe poderá quadruplicar a produção de energia de Sergipe, podendo torna-lo no segundo maior estado em geração do Nordeste. A energia produzida pela usina em média tensão de 25kV é transformada pelos transformadores elevadores fornecidos pela GE em alta tensão de 500kV, permitindo que ela seja transportada de forma segura até o local de conexão à rede nacional.

A linha de transmissão, que ainda está em fase de construção, contará com um circuito duplo, para oferecer mais segurança operacional para a transmissão de energia, podendo reduzir significativamente os riscos de blecaute. Serão 35 km de linha de transmissão até um novo bay de conexão, composto de equipamentos de proteção, interligando a planta com a Rede Básica.

Ainda em julho, quatro novos integrantes chegarão para completar o time de equipamentos de alta tensão de Sergipe: os transformadores elevadores de potência, chamados de “Step-up transformers”. Continuaremos contando mais sobre o projeto de Sergipe! Para estas histórias, ativem as notificações e fiquem antenados em nossas mídias sociais. Fonte GE

Se desejarem saber sobre outras oportunidades e notícias da GE, basta acessarem as últimas matérias aqui registradas pelo nosso portal clicando aqui.
[adrotate banner=”15″]

The following two tabs change content below.
Paulo Nogueira
Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás como técnico de operações, Pressure Downrole Gauge Operator e em plataformas de completação do Brasil e exterior