Titanic volta à vida na China; o navio de luxo rotulado como ´inafundável` está em construção e terá o tamanho do original

Flavia Marinho
por
-
28-05-2021 13:07:14
em Indústria Naval, Portos e Estaleiros
navio - titanic - china - construção Construção da réplica do navio Titanic. Foto créditos – Noel Cell / AFP / Getty Images

A construção do navio vem acontecendo há 6 anos. A réplica do Titanic exigiu, até agora, um investimento de US$ 155 milhões e o uso de 23 mil toneladas de aço

Podemos dizer que a China nos acostumou com seus projetos faraônicos, mas este simplesmente vai além da norma, já que na província de Sichuan, a mais de mil quilômetros do mar, uma réplica exata do navio Titanic está sendo construída, aquele transatlântico mítico que afundou há mais de um século em sua viagem inaugural.

Leia também

Seu desenvolvimento vem acontecendo há 6 anos, mais do que o necessário para construir o Titanic. A réplica exigiu, até agora, um investimento de US$ 155 milhões e o uso de 23.000 toneladas de aço.

O novo Titanic não navegará pelos mares, mas será um parque temático que terá como objetivo reviver a experiência de abordar esse transatlântico histórico. Para isso, a equipe deu ênfase especial aos detalhes, pois tudo será uma cópia perfeita do original, desde maçanetas até quartos de luxo e sala de jantar. Para evitar imprecisões, especialistas e historiadores validarão o resultado final.

“É um projeto complicado”, diz Su Shaojun, principal investidor do projeto, que decidiu financiar a obra para preservar as memórias do cruzeiro. “Espero que este navio esteja aqui em 100 ou 200 anos”,acrescentou.

No entanto, o novo Titanic não será a única atração do parque, pois recriará o antigo porto de Southampton, no Reino Unido, de onde navegou para Nova York em 10 de abril de 1912, quatro dias antes de afundar no Oceano Atlântico.

Veja a incrível réplica do navio Titanic em construção na China

A história do Titanic, o navio de luxo rotulado como “o inafundável”

O Titanic navegou em sua viagem inaugural de Southampton, Inglaterra, para Nova York em 10 de abril de 1912. Na época, era o maior navio de passageiros à tona.

Em 14 de abril, por volta da meia-noite, ele bateu em um iceberg e afundou em menos de três horas. De acordo com o relatório do Senado dos EUA sobre o desastre do Titanic, 1.517 pessoas foram mortas e 706 pessoas, dos 2.223 passageiros e membros da tripulação, sobreviveram.

Em 1985, cientistas liderados pelo americano Robert Ballard e pelo francês Jean Jarry, localizaram o naufrágio a cerca de 563 km da costa sudeste de Newfoundland, Canadá. No ano seguinte, Ballard e sua tripulação usaram uma equipe de pesquisa submersível em águas profundas para explorar o navio afundado pela primeira vez.

Una réplica del Titanic está en construcción en China
Local de construção: trabalhadores da construção da réplica do navio Titanic. Foto créditos – Noel Cell / AFP / Getty Images

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.