Início Porto de Suape e terminal na Bahia vão receber GNL importado pela Golar Power

Porto de Suape e terminal na Bahia vão receber GNL importado pela Golar Power

14 de julho de 2020 às 16:03
Compartilhe
Siga-nos no Google News
porto de suape golar power gnl pernambuco
Navio de GNL da empresa Golar Power

MME autorizou as importações de gás natural liquefeito (GNL) pela Golar Power para o Porto de Suape, no Pernambuco, e terminal na Bahia

Segundo publicação no Diário Oficial da União desta segunda-feira (13), o Ministério de Minas e Energia (MME) deu o aval a Golar Power para importar gás natural liquefeito (GNL) de diversos países para entrega em futuro terminal no Porto de Suape, situado no PE, e no terminal de Salvador, na BA, da Petrobras e em processo de arrecadamento. 

Veja também

O volume das importações deve ser até 5,5 milhões de m³ de GNL para cada estado e os desembarques do produto deverão acontecer por um período de três anos.

A Golar Power também informou que o GNL importado será destinado ao atendimento a consumidores livres de gás, como grandes empresas, e à distribuidora de gás natural estadual da Bahia, além de projetos termelétricos e outras distribuidoras de gás conectadas à rede de gasoduto no terminal do Porto de Suape.

A companhia vem participando ativamente de investimentos no país, principalmente nas regiões Norte e Nordeste.

Em março, o Governo de Pernambuco e a Golar Power Brasil assinaram um protocolo de intenções para novos investimentos privados no Porto de Suape. A iniciativa é 1,8 bilhão de reais para construir um terminal de distribuição de GNL, com pespectiva de gerar 300 empregos diretos e indiretos na região.

Além disso, a Golar Power já realiza operações no Porto de Sergipe, tem uma UTE contratada no Pará, bem como um projeto de pequena escala para desembarque de GNL por cabotagem no Maranhão e estudos para distribuir GNL sem tubulações e explorar novas fontes de biometano no Brasil.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes