MENU
Menu
Início Pagamento de R$ 70 bilhões por cessão onerosa é pago pela Petrobras e Rio recebe amanhã R$ 1,2 bi

Pagamento de R$ 70 bilhões por cessão onerosa é pago pela Petrobras e Rio recebe amanhã R$ 1,2 bi

30/12/2019 às 17:09
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Rio vai receber mais
Rio de janeiro receberá da cessão onerosa

A Petrobras e as empresas CNODC e CNOOC pagaram, na última sexta-feira, blocos arrematados no leilão e o Rio receberá amanhã 1,2 bi

O consórcio entre Petrobras e empresas chinesas na compra de dois blocos de petróleo geraram receita de R$ 69,96 bilhões ao Tesouro Nacional. O pagamento foi feito na última sexta-feira. Só o Rio receberá R$ 1,2 bi. Veja também: Inúmeras vagas de emprego no Pará nas áreas de construção, engenharia e industrial

Os blocos de petróleo foram arrematados no megaleilão do excedente da cessão onerosa, que aconteceu em novembro no Rio de Janeiro. Só o governo do Estado do Rio de Janeiro irá receber R$ 1,2 bilhão, por abrigar os campos leiloados.

O Tesouro Nacional é quem recebe os valores e os destina, e que com o leilão, parte da arrecadação serão transferidos para estados e municípios, amanhã, dia 31 de dezembro.

As empresas chinesas CNODC e CNOOC, pagaram R$ 6,82 bilhões ao Tesouro, fruto do consórcio com a Petrobras que levou o maior dos blocos do leilão. Dois blocos oferidos no leilão não foram arrematados, indo a leilão no próximo ano.

Do total arrecadado pelo governo, R$ 34,41 retornaram à Petrobras, por conta da revisão do contrato da cessão onerosa, assinado originalmente em 2010. Nele, foi permitido a empresa explorar 5 bi de barris de petróleo nessas áreas.

Mais tarde, estudos comprovaram que havia mais petróleo do que o previsto, sendo leiloado no megaleilão mencionado (e comprado pela própria estatal).

Estados e Municípios receberão juntos R$ 11,73 bilhões, valores que estarão disponíveis nos caixas dos governos regionais amanhã, 31 de dezembro. O valor que o Rio receberá já está incluso nestes números.

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR