Michelin pretende desenvolver pneu amigável com o meio ambiente e que aumenta a eficiência dos veículos elétricos através de alta tecnologia

Fábio Lucas
por
-
06-06-2021 12:02:12
em Energia Renovável
carros elétricos pneus michelin Fotógrafo: Jason Alden / Bloomberg

Pneus da Michelin prometem ser mais amigáveis com meio ambiente e aumentam a eficiência dos veículos elétricos

O mercado de veículos elétricos está a todo vapor e promete continuar crescendo ao longo das próximas décadas. Com esse novo mercado em ascensão, as empresas precisam se adaptar. Este é o caso da Michelin, uma dos líderes do mercado de pneus no mundo, que está desenvolvendo um pneu verde e que promete aumentar a eficiência dos carros elétricos.  

Alexis Garcin, presidente da Michelin Norte América, destacou que os pneus feitos para veículos elétricos têm que garantir uma segurança extra, além de minimizar a resistência da borracha com o asfalto. A resistência tem uma ligação direta com o desempenho dos carros elétricos.

A Michelin já colocou no mercado o e.PRIMACY, pneu que serve para SUVs elétricas. Mais leve, com menos atrito e mais resistente, o pneu está fazendo com que os veículos elétricos se tornem até 7% mais eficientes. Além de tudo, reduz o consumo de CO2, sendo muito mais amigável com o meio ambiente. O outro exemplo de pneu da Michelin é o Pilot Sport, pneu dedicado a veículos elétricos esportivos. Ele aumenta a eficiência dos veículos em até 60 KM. 

Michelin veículos elétricos, pneus
e.PRIMACY, pneu da Michelin que promete ser mais amigável com o meio ambiente e mais econômico. Foto: michelin.pt

Michelin pretende ter até 2050 pneus totalmente renováveis e recicláveis

A empresa está buscando chegar ao tão sonhado pneu 100% renovável e reciclável até 2050: “Aumentamos massivamente todos os nossos investimentos no que chamamos de divisão de materiais de alta tecnologia da Michelin. Isso nos abre para novos horizontes, como aeroespacial, medicina e outras indústrias muito importantes para o mercado. Nossa visão é ter um pneu totalmente renovável e reciclável até 2050. Hoje, mais ou menos, 30% do pneu é renovável e reciclável.” Disse Alexis Garcin em artigo publicado pelo Bloomberg.

O mercado de veículos elétricos tende a crescer massivamente nos próximos anos. Já é um consenso que os veículos movidos a gasolina e diesel deverão ficar obsoletos na próxima década, entre 2030 e 2040. A Honda, por exemplo, já espera acabar com a produção de veículos a combustão em 2040. Outras marcas gigantes globais também possuem metas semelhantes.

Tags:
Fábio Lucas
Jornalista brasileiro, amo esportes, notícias e política. Já contribui em diversos outros portais relacionados a esportes, economia e informações regionais.