A primeira planta química movida 100% por energia renovável do mundo será construída na Espanha

Valdemar Medeiros
por
-
30-07-2020 18:13:12
em Energia Renovável
SABIC - energia renovável - Planta química da SABIC de energia renovável




A SABIC relata que sua instalação de policarbonato, deve se tornar o primeiro local de produção química do mundo com energia renovável

A SABIC planeja construir uma planta química na Espanha totalmente movida a energia renovável, no que é o primeiro projeto desse tipo em qualquer lugar do mundo envolvendo energia renovável. Espera-se que a instalação de policarbonato em Cartegena esteja totalmente operacional até 2024, alimentada por uma usina solar fotovoltaica de 100MW. O acordo permitirá à Iberdrola, uma das maiores empresas de serviços públicos de eletricidade do mundo, investir quase 70 milhões de euros para instalar 263.000 painéis, em terras pertencentes à SABIC. Assim, a mesma acaba se tornando a maior usina de energia renovável industrial da Europa e do mundo. 

Leia também

Acordo de 25 anos para produção de energia renovável

O acordo de 25 anos da planta química na Espanha representa parte da ambição da empresa petroquímica de Riyadh de ter 4 gigawatts (GW) de energia eólica ou solar instalados em seus locais em todo o mundo até 2025. Subindo para 12GW até 2030. Similarmente, no ano passado, a empresa instalou painéis solares em suas instalações na Índia e na Tailândia. E acabou ajudando a reduzir suas emissões de efeito estufa em 200 toneladas.

“Parcerias desse tipo são a base do nosso modelo de crescimento de negócios” na indústria da energia renovável, disse Bob Maughon, vice-presidente executivo de sustentabilidade, tecnologia e inovação da SABIC. “Nos últimos anos, os muitos avanços na tecnologia de energia renovável na Espanha tornaram possível a implantação nesse tipo de escala”.

SABIC tem planos futuros para instalações futuras de energia fotovoltaica

Outrossim, a SABIC além da planta química, também planeja instalar a tecnologia fotovoltaica e energia eólica em sua sede global em Riad. Enquanto um estudo final de viabilidade está em andamento com Marafiq e a Comissão Real de Jubail e Yanbu para explorar um projeto de usina solar de US $ 300 milhões e 300 megawatts na costa oeste do Reino. 

Em conclusão, uma vez finalizada, a SABIC responsavel pela planta química pegará a eletricidade gerada pela planta e a entregará às fábricas locais de produtos químicos na Espanha. Disse a empresa. A Companhia produz produtos químicos, plásticos e agro-nutrientes em todo o mundo, emprega mais de 33.000 pessoas e ainda contribui com energia renovável.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.