Consórcio AeroGru e Marcopolo assinam contrato para fornecimento de veículos com tecnologia de ponta que farão parte do People Mover no Aeroporto de Guarulhos

Ruth Rodrigues
por
-
04-05-2022 11:51:21
em Automotivo, Logística e Transporte
A tecnologia da iniciativa People Mover será totalmente brasileira e comandada pela companhia Marcopolo, que se uniu ao consórcio para o desenvolvimento dos veículos responsáveis pelo transporte de passageiros no Aeroporto de Guarulhos Foto: MInfra/Divulgação




A tecnologia da iniciativa People Mover será totalmente brasileira e comandada pela companhia Marcopolo, que se uniu ao consórcio para o desenvolvimento dos veículos responsáveis pelo transporte de passageiros no Aeroporto de Guarulhos

Na última segunda-feira (02/05), foi assinado um  contrato entre o Consórcio AEROGRU e a empresa Marcopolo para o fornecimento dos veículos que farão parte da tecnologia People Mover, do Aeroporto Internacional de Guarulhos. Assim, a empresa Marcopolo comandará os veículos que farão o transporte de passageiros no local, com uma tecnologia de ponta e totalmente brasileira para garantir ainda mais eficiência e rapidez no processo.

Transporte de passageiros no Aeroporto de Guarulhos por meio dos veículos da People Mover será comandado pela Marcopolo e pelo consórcio AEROGRU

A assinatura do contrato entre o consórcio AEROGRU e a companhia Marcopolo para o desenvolvimento dos veículos que farão parte da tecnologia People Mover no Aeroporto de Guarulhos foi essencial para a aceleração do projeto. Assim, a plataforma vai conectar os terminais de passageiros à estação da Linha 13-Jade da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), e contará com uma tecnologia brasileira comandada pela empresa Marcopolo, que será a responsável pela fabricação do modelo de transporte utilizado no novo sistema. 

Também conhecida como Automated People Mover (APM), a tecnologia de transporte de passageiros no Aeroporto de Guarulhos está sendo viabilizada pelo Governo Federal e terá investimento de R$ 271,7 milhões pela concessionária GRU Airport, valor que seria originalmente usado para arrecadação por parte da União. Esse sistema adotado no Aeroporto de Guarulhos toma como base o Aeromovel, similar à adotada com sucesso em aeroportos internacionais, como os de Atlanta, Chicago, Nova Iorque e San Francisco, nos Estados Unidos, que garantem muito mais eficiência nesse transporte. 

Assim, participaram do consórcio e da assinatura do contrato com a Marcopolo o consórcio Aerom, HTB, FBS e TSINFRA, com seus parceiros estratégicos Schneider Electric, Minerbo Fuchs, Certifer e Marcopolo Rail. Com isso, o secretário nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, comemorou a chegada da tecnologia ao Brasil e a importância do sistema no transporte de passageiros dentro do aeroporto: “[A tecnologia] está sendo implantada no mundo inteiro e agora teremos aqui também no Brasil. Os veículos são muito bonitos, muito confortáveis e muitos seguros. Com o People Mover, o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, vai servir de exemplo para o mundo inteiro”.

People Mover conta com tecnologia 100% automatizada e conseguirá fazer o transporte de 2 mil passageiros por hora no Aeroporto de Guarulhos

O projeto do consórcio AEROGRU e da Marcopolo será essencial para trazer ainda mais modernização e tecnologia para o Aeroporto de Guarulhos nos próximos anos. Assim, o  People Mover terá capacidade para transportar 2 mil usuários por hora em cada direção, e o tempo de viagem e de espera será de 6 minutos. Essa tecnologia trará muito mais eficiência, rapidez e conforto para os passageiros que precisarão de transporte entre os terminais. 

Além disso, o sistema também trará uma série de benefícios para o meio ambiente, uma vez que não contará com a emissão de nenhum gás poluente, bem como proporcionará a redução no número de veículos circulando nas imediações do aeroporto e, consequentemente, a diminuição da emissão de CO2 e dos congestionamentos verificados na região. Esse é um dos focos principais da Marcopolo e do consórcio AEROGRU para o sistema, uma vez que a sustentabilidade é um debate cada vez mais presente no mercado nacional. 

Por fim, o Governo do Estado de São Paulo também anunciou que o serviço será gratuito, com funcionamento 24 horas por dia, oferecendo Wi-Fi, ar-condicionado e painéis informativos sobre os voos que o local estará recebendo no dia, para garantir mais conforto e acessibilidade aos passageiros.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.