A maior turbina eólica do mundo será chinesa: aerogeradores que a China planeja usar na construção de seu parque eólico mais ambicioso, são mais poderosas que o Haliade-X, da General Electric

Flavia Marinho
por
-
17-10-2021 09:05:38
em Energia Eólica, Energia Renovável
turbina - eólica - usina - energia renovável - painéis solares - General Electric - china - eua Maior Turbina eólica do planeta / Fonte: MingYang




Disputa entre os Estados Unidos e a China ficam acirradas. Turbina eólica chinesa promete ser a maior do planeta e vai desbancar os aerogeradores da gigante americana General Electric.

O pulso mantido pelos Estados Unidos e China toca muitos bastões. A disputa fica acirrada entre essas duas superpotências globais, na qual nenhum outro país parece capaz de participar. Durante os últimos meses, ambas nações anunciaram o início de vários projetos de construção de parques eólicos, nos quais as maiores turbinas eólicas do planeta intervirão. Até 2023, os Estados Unidos esperam ter concluído um parque eólico hospedado em uma ilha pertencente ao estado de Massachusetts, que incorporará as monstruosas turbinas eólicas Haliade-X, da General Electric (GE).

Leia também

Assista o vídeo abaixo e conheça a turbina eólica chinesa que promete desbancar os aerogeradores da gigante americana General Electric

As turbinas eólicas que a China planeja usar na construção de seu parque eólico mais ambicioso, são ainda mais poderosas que o Haliade-X, da General Electric.

Esta turbina eólica tem uma altura de 260 metros, incorpora um gerador de 12 MW, possui um rotor de 220 metros e, segundo seus criadores, é capaz de produzir 67 GWh por ano,o que, no papel, permite abastecer até 16.000 casas. O Reino Unido usará essas mesmas turbinas eólicas no parque eólico que planejou construir no Dogger Bank, um enorme banco de areia localizado no Mar do Norte, a 100 km da costa leste da Grã-Bretanha.

As turbinas eólicas que a China planeja usar na construção de seu parque eólico mais ambicioso, são ainda mais poderosas que o Haliade-X, da General Electric. A empresa chinesa que está trabalhando neles, se chama MingYang Smart Energy,e sua nova turbina eólica, é chamada MySE 16.0-242, em uma referência muito óbvia, às características técnicas com as quais esta empresa aspira bater todos os recordes de geração de eletricidade, por energia eólica.

MySE 16.0-242: um aerogerador eólico projetado para gerar 80 GWh de eletricidade por ano.

Os números desta turbina eólica são impressionantes. Ele incorpora um gerador de 16 MW e tem uma altura de 242 metros, tornando-o 18 metros mais baixo que o Haliade-X, da General Electric. Mesmo assim, de acordo com a MingYang Smart Energy, sua turbina eólica é capaz de produzir 80 GWh de eletricidade por ano,13 GWh a mais que a turbina da GE. Este desempenho máximo teórico permitirá que a turbina eólica chinesa forneça eletricidade a nada menos que 20.000 casas. Nada mal mesmo.

No entanto, nesta área não importa apenas adicionar metros de altura e envergadura; também é crucial otimizar a aerodinâmica das lâminas para aumentar o desempenho da turbina eólica. De acordo com a MingYang Smart Energy, seus engenheiros conseguiram catapultar o desempenho de sua nova turbina eólica em 45%, em relação ao seu antecessor, e fizeram isso aumentando o diâmetro do rotor em 19%.

Outro fato interessante, e importante, que vale a pena não esquecer é que essa turbina eólica terá uma vida útil de 25 anos de serviço. O primeiro protótipo estará pronto em 2022, e a fase de testes com ele começará em 2023. No entanto, a MingYang Smart Energy iniciará a fabricação em larga escala desta turbina eólica, durante o primeiro semestre de 2024.

Mini turbina eólica com preço de celular, produz energia em casa, tem um funcionamento igual ao de grandes parques eólicos e promete revolucionar a geração da energia renovável no mundo.

Somente no Ceará, há 27 mini usinas distribuídas em oito municípios diferentes, que abastecem 90 unidades. Com um mercado ainda incipiente em todo o Brasil, o uso de mini turbinas eólicas (aerogeradores) para Geração Distribuída de energia, ainda não é tão conhecido. A produção de energia eólica em casa tem um funcionamento igual ao de grandes parques eólicos, no entanto, com um tamanho reduzido. Assista o vídeo abaixo e veja como instalar sua mini turbina eólica.

Com o custo alto da energia elétrica em todo o Brasil, devido a crise hídrica e o uso das termelétricas, a energia eólica pode ganhar novos adeptos no país, assim como acontece com a energia solar.

Os custos para a instalação de um sistema eólico variam conforme a potência desejada, que podem ser de 500 W até 6 mil W, com preços de R$ 2,7 mil até R$ 50 mil.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.