Subsea 7 confirma três contratos da Woodside

A Subsea 7, empresa de instalação e construção offshore, confirmou que recebeu três contratos de engenharia, aquisição, construção e instalação com a Woodside desde dezembro de 2018

Na sequência de relatórios anteriores, a Subsea 7 confirmou oficialmente o contrato para a primeira fase do offshore de Senegal( SNE Scarborough Project), offshore da Austrália (Scarborough) e o desenvolvimento da fase 2 de Julimar, também no offshore da Austrália.

O trabalho é para atividades de engenharia necessárias para finalizar a definição técnica dos desenvolvimentos propostos antes que a Woodside e seus parceiros de joint venture tomem decisões finais de investimento (FID), que a Woodside está planejando entre meados de 2019 e início de 2020 dependendo do projeto.

“A Subsea 7 já reconheceu o valor dos estudos de engenharia em seu Backlog de Pedidos. O valor dos contratos do EPCI será reconhecido após o FID,
após o exercício da opção relevante. Assumindo que o FID é alcançado em todos os três projetos, eles seriam, no total, equivalentes a um grande prêmio de
Subsea 7 ”, disse a Subsea 7.

O campo de Julimar está localizado a aproximadamente 200 km da costa noroeste da Austrália. O escopo completo do trabalho será projetar, adquirir, instalar e comissionar uma linha de fluxo de transmissão de gás de 18K de 18 ”(Corrosion Resistant Alloy) e um sistema umbilical. O projeto Julimar foi concedido à Subsea 7 como um contrato SURF independente e será conduzido a partir do escritório da Subsea 7 em Perth, com o apoio de outros escritórios da Subsea 7.

Os projetos de SNE e Scarborough foram concedidos à Subsea Integration Alliance, uma parceria global entre a Subsea 7 e a OneSubsea, com equipes de projeto integradas de SPS (sistemas de produção submarinos) e SURF (umbilicais submarinos, risers e flowlines).

O SNE é uma descoberta de campos petrolíferos em águas profundas localizada no mar, a 100 km a sul de Dakar, no Senegal. O escopo de desenvolvimento proposto inclui até 23 poços com 90km de dutos rígidos com o oleoduto Swagelining da Subsea 7 e tecnologias de oleoduto BuBi. O projecto integrado submarino SNE será liderado pela Subsea.

O campo de Scarborough está localizado a aproximadamente 380 km da costa noroeste da Austrália. Sujeito ao FID pela joint venture Scarborough, o escopo completo do trabalho do projeto integrado incluiria a engenharia, aquisição, construção e instalação de dutos rígidos submarinos, risers flexíveis, umbilicais e infra-estrutura associada.

Todos os três projetos serão executados usando embarcações de pipelines da frota da Subsea 7 com campanhas offshore programadas entre 2021 e 2023.

Andy Woolgar, vice-presidente da Austrália e Nova Zelândia da Subsea 7, disse: “Esses prêmios baseiam-se em nosso relacionamento com a Woodside e em nosso histórico de sucesso de projetos executados no exterior da Austrália. Eles destacam a perícia em engenharia e a força de nossos negócios e nossa força de trabalho local para executar projetos integrados desde pré-FEED até a execução, bem como projetos autônomos. ”

Gilles Lafaye, vice-presidente da Subsea 7 para a África, disse: “A concessão do contrato SNE FEED da Woodside para a Subsea Integration Alliance reflete nossa expertise em projetos integrados e esperamos fortalecer nosso relacionamento com a Woodside. O Senegal é um novo mercado para a Subsea 7 e temos o prazer de apoiar a indústria local de petróleo e gás. Estamos ansiosos para construir uma parceria de longo prazo e mutuamente benéfica com a Woodside neste projeto e em desenvolvimentos futuros. ”


Baixem também o aplicativo  Empregos e Noticiais CPG para Android na Playstore clicando aqui. Nele postamos informações e oportunidades exclusivas todos os dias.

Gostaria de compartilhar uma foto conosco da sua área de trabalho, vagas de empregos ( com as fontes), sugestões de pautas ou alguma outra informação importante do ramo de energia e empregabilidade? Entre em contato com a gente no Messenger aqui.

About Paulo Nogueira

Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás em operações de completação, perfuração e produção em empresas em parceria com grandes empresas multinacionais do setor.