Petrobras vende 34 poços no Recôncavo para a PetroRecôncavo

Petrobras vende 34 poços terrestres

Os trinta e quatro poços terrestres arrematados pela PetroRecôncavo á Petrobras ficam no entorno da cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

A PetroRecôncavo fechou negociação com a Petrobras e vai pagar US$ 384 milhões por 34 campos da Petrobras na região de Mossoró, no Rio Grande do Norte, sendo assim os planos de desinvestimentos da estatal seguem de vento em popa.
O negócio teve vários adiamentos devido as tentativas fracassadas de três licitações que culminou na desclassificação da 3R Petroleum, e foi fechado com a PetroRecôncavo por um valor US$ 68 milhões menor do que a proposta da 3R Petroleum.

A Petrobras anunciou que os valores serão pagos em duas vezes, sendo U$ 293,9 milhões na data de fechamento e US$ 61,5 milhões como earn-out condicionado à aprovação (da ANP) do aumento do prazo contratual de 10 das 34 concessões que foram negociadas.
Os 34 campos terrestres ficam localizados no Polo Riacho da Forquilha, na Bacia Potiguar, no entorno da cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

O negócio envolve uma extensa lista de poços que inclui os campos de Acauã, Asa Branca, Baixa do Algodão, Boa Esperança, Baixa do Juazeiro, Brejinho, Cachoeirinha, Cardeal, Colibri, Fazenda Curral, Fazenda Junco, Fazenda Malaquias, Jaçanã, Janduí, Juazeiro, Lorena, Leste de Poço Xavier, Livramento, Maçarico, Pardal, Patativa, Pajeú, Paturi, Poço Xavier, Riacho da Forquilha, Rio Mossoró, Sabiá, Sabiá Bico de Osso, Sabiá da Mata, Sibite, Três Marias, Trinca Ferro, Upanema e Varginha.

Todos os poços terrestres eram totalmente da Petrobras, exceto Cardeal e Colibri, em que a Partex tem 50% e opera os campos e Sabiá da Mata e Sabiá Bico-de-Osso que a Sonangol tem 30% e é a operadora.

Essa licitação em que a Petrobras previa o desinvestimento dos ativos de Riacho da Forquilha foi lançada em agosto de 2017 e em novembro de 2018 a estatal anunciou a venda á 3R Petroleum.
O negócio, porém não foi a frente devido a desclassificação da empresa e novo processo licitatório foi aberto.

Os campos negociados com a PetroRecôncavo produzem atualmente cerca de 6 mil barris por dia de petróleo.

Interferência da ANP em campos terrestres

Recentemente a ANP cancelou os contratos de concessão da Petrobras referente aos campos de Lagoa Branca, Barra do Ipiranga, Rio Barra Seca, Rio Itaúnas Leste, Rio São Mateus Oeste, Mariricu Oeste, Jacupemba e Nativo Oeste, por falta de investimentos da estatal nos mesmos.

Falando agora em campos Offshore, a Petronas compra metade do Campo de Tartaruga Verde ! Acesse aqui os detalhes !

Um passo simples para se trabalhar embarcado mas poucos conhecem...

Um dos mercados mais almejados para profissionais que desejam trabalhar no mar é o offshore, principalmente em navios de cruzeiro, embarcações de apoio e marcantes. As escalas de trabalho são diferenciadas, podendo-se trabalhar apenas 6 meses e folgando mais 6. Assista o vídeo revelador que têm ajudado muitas pessoas no Brasil a ingressar neste mercado aqui.
Posted Under
Sem categoria