Petrobras vende US $ 10,3 bilhões em ativos

Petrobras engie petroreconcavo tartatura verde rio grande do norte venda

A gigante brasileira de petróleo e gás Petrobras assinou três acordos de compra e venda para vender ativos no valor total de US $ 10,3 bilhões (cerca de R $ 40 bilhões)

Em 2019, considerando as transações assinadas e a fechadas, o total de vendas de ativos é de US $ 11,3 bilhões, disse a Petrobras na quinta-feira(25), anunciando os acordos. O CEO Roberto Castello Branco comentou: “Hoje é um dia importante para a Petrobras com a execução de três transações relevantes. O gerenciamento contínuo do portfólio contribui para melhorar a alocação de capital, aumentando, assim, a criação de valor para nossos acionistas, além de possibilitar a redução do endividamento e do custo de capital da empresa ”.

As transações incluem a venda de 90% da participação da Petrobras na Transportadora Associada de Gás S.A. (TAG) ao grupo formado pela ENGIE e pelo fundo canadense Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ).

Além disso, a Petrobras vendeu 50% de participação no campo Tartaruga Verde (Concessão BM-C-36) e no Módulo III do campo Espadarte, ambos localizados em águas profundas da Bacia de Campos, no litoral brasileiro, para a Petronas.

Por fim, as transações incluem a venda da participação total da Petrobras em 34 campos de produção onshore no Rio Grande do Norte para a Potiguar E & P S.A., uma subsidiária da Petrorecôncavo.

Venda da TAG

O valor da transação é de aproximadamente US $ 8,6 bilhões, considerando os ajustes acordados em contrato, e será pago na data de fechamento da transação. Esse valor inclui o pagamento, pelo comprador, de débitos TAG com o BNDES de aproximadamente US $ 800 milhões.

A TAG atua no setor de transporte de gás natural, possuindo atualmente autorizações de longo prazo para operar e administrar um sistema de dutos de aproximadamente 4.500 km de extensão e 74 milhões de m3 / dia de capacidade de transporte, localizadas principalmente nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste do Brasil. . A Petrobras continuará a utilizar os serviços de transporte de gás natural prestados pela TAG, por meio de contratos já vigentes entre as duas empresas, sem impactos em suas operações e na entrega de gás a distribuidoras e demais clientes.

Tartaruga Verde e Módulo III do campo Espadarte

O valor dessa transação é de US $ 1,29 bilhão, a ser pago em duas parcelas. Cerca de US $ 258,7 milhões foram pagos imediatamente e US $ 1,034 bilhão na data de fechamento da transação, sujeitos a ajustes. A Petrobras manterá 50% de participação e a operadora dos campos.

O campo Tartaruga Verde iniciou suas operações em 22 de junho de 2018, via FPSO Cidade de Campos dos Goytacazes e atualmente produz aproximadamente 103 mil bpd de óleo e 1,2 milhão m³ / dia de gás.

Em uma declaração separada na sexta-feira, a Petronas da Malásia disse: “A aquisição de participação acionária na Tartaruga Verde e no Módulo III dos campos da Espadarte é um marco importante para a Petronas, pois a empresa diversifica e expande sua carteira de negócios de petróleo na América do Sul”.

O Módulo III é uma área do campo de Espadarte a ser desenvolvida de forma integrada com o campo da Tartaruga Verde, com o primeiro petróleo esperado em 2021.

Venda de 34 campos de produção onshore

O valor total da terceira transação é de US $ 384,2 milhões. Será pago em três parcelas: i) US $ 28,8 milhões foram pagos na quinta-feira; ii) US $ 293,9 milhões na data de fechamento, sujeitos a ajustes; e (iii) US $ 61,5 milhões como earn-out vinculados à aprovação, pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), da prorrogação do prazo contratual de 10 das 34 concessões da operação.


Sobre Paulo Nogueira

Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás em operações de completação, perfuração e produção em empresas em parceria com grandes empresas multinacionais do setor.