Menu
Início Petrobras (PETR4) firma acordos com Equinor para transporte de gás natural em Campos

Petrobras (PETR4) firma acordos com Equinor para transporte de gás natural em Campos

30/12/2023 às 11:08
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
PETR4
A Petrobras (PETR4) informou nesta sexta-feira (29) que assinou contratos com a empresa de energia Equinor relacionados a escoamento e processamento de – Todos os direitos: MoneyTimes

Contratos assinados pela Petrobras (PETR4) com a Equinor para escoamento marítimo e acesso negociado, visando diversificar agentes na infraestrutura de Roncador.

A Petrobras (PETR4) divulgou que assinou contratos com a empresa de energia Equinor relacionados a escoamento e processamento de gás natural. A estatal informou que a assinatura dos contratos do Sistema Integrado de Escoamento de gás natural da Bacia de Campos (SIE-BC) e de acesso à Unidade de Tratamento de Gás de Cabiúnas (UTGCAB) permitirá à Equinor escoar o gás natural oriundo do campo de Roncador, localizado na Bacia de Campos, a partir de 1º de janeiro de 2024. A Equinor possui 25% de participação em Roncador, enquanto a Petrobras (PETR4) é operadora do campo e detém os demais 75%.

Petrobras (PETR4): Acordo com Equinor abre ‘acesso negociado’ à rede de gasodutos. O SIE-BC é composto por gasodutos de escoamento marítimos e terrestres que se conectam à UTGCAB, situada em Cabiúnas, no Estado do Rio de Janeiro, ambos de propriedade da Petrobras, afirmou a empresa. ‘Assim, a Petrobras cumpre com as disposições da Lei do Gás, realizando o acesso negociado às infraestruturas e viabilizando a diversificação dos agentes em todos os elos da cadeia de gás natural’, acrescentou a companhia no documento. A petroleira já possui contratos para compartilhamento das infraestruturas da Bacia de Santos, do Polo Catu, na Bahia, e do Polo Cacimbas, no Espírito Santo.

Artigos recomendados

A Petrobras assina contrato para acesso negociado ao terminal de escoamento marítimo no campo de Roncador. A companhia celebrou acordo com a PetroRio e a Frade Japão Petróleo para o acesso ao terminal de monoboia que escoa a produção de petróleo do campo de Roncador, na Bacia de Campos. O contrato prevê o término da vigência em dezembro de 2025. A Petrobras afirma que a negociação é parte de sua estratégia de desinvestimento e busca por parcerias. A empresa também ressalta a importância da diversificação dos agentes econômicos atuantes no segmento de infraestruturas de escoamento de petróleo como forma de estimular a concorrência e a eficiência. As mudanças no mercado tendem a trazer benefícios para toda a cadeia produtiva do setor. Além disso, a Petrobras acredita que a medida contribui para a criação de um ambiente mais transparente e favorável aos investimentos. Com isso, a companhia reforça seu compromisso com a promoção de um mercado justo e competitivo, visando o desenvolvimento sustentável do setor de petróleo e gás. Acesse o link para mais informações sobre o contrato: [link].”

Fonte: MoneyTimes

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x