Petrobras investirá R$ 8 bilhões, nos próximos cinco anos, para perfurar poços de petróleo; bacias Pará-Maranhão estão entre as prioridades da estatal

Valdemar Medeiros
por
-
13-10-2021 11:23:58
em Petróleo, Óleo e Gás
Petrobras - Pará - Maranhão - Petróleo e gás Petrolífera brasileira anunciou que perfurará oito poços – créditos: MA10

Maranhão e Pará serão contemplados com novos investimentos da Petrobras na tentativa de perfurar novos poços de petróleo na região.  

Entre 2022 e 2025, a Petrobras anunciou uma nova rodada de investimentos, seis serão na linha divisória com a Guiana Francesa. Ao total serão investidos R$ 8 bilhões para perfuração de novos poços de petróleo, a fim de fomentar novos empregos e rendas para economia brasileira que incluem as bacias Pará-Maranhão.  

Leia também  

Margem Equatorial brasileira receberá um dos maiores investimentos da indústria de petróleo e gás  

“A Margem Equatorial brasileira é um dos maiores investimentos para a indústria do petróleo no planeta. A Petrobras mostrou, nessa reunião, que essa bacia é prioridade”, afirmou Alan Kardec Barros.

Estudos realizados pela estatal demonstram um grande potencial para exploração de petróleo nas bacias sedimentares da margem equatorial brasileira, que engloba as bacias – da Foz do Amazonas, Pará-Maranhão /Barreirinhas e Potiguar.

“Os poços da Guiana e Suriname, mais essas descobertas na África que estão dando muito, despertou o interesse da Petrobras na região da Margem Equatorial. E a empresa anunciou que irá perfura poços na Bacia de Barreirinhas”, explicou Alan Kardec.

Liberação do Ibama

A estatal destacou que o Ibama prometeu liberar as licenças necessárias para a perfuração dos novos poços de petróleo, em breve.

“Atualmente, a bola está com a gente, não está com o Ibama, que já apreciou parte dos estudos apresentados. Precisamos desenvolver o simulado que demonstra que estamos com todos os recursos necessários para obter licença de perfuração naquela área”, afirmou o Diretor de Exploração e Produção da Petrobras, Fernando Borges, durante o evento.  

Petrobras destinará R$ 300 mi para programa social de gás de cozinha destinado a famílias de baixa renda

Na última quarta-feira, a Petrobras anunciou que vai destinar R$ 300 milhões para o programa social de gás de cozinha, com duração  de 15 meses, com objetivo de ajudar famílias de baixa renda para comprar gás de cozinha.  

O programa social ocorre no momento em que o Brasil enfrenta uma inflação em alta impulsionada pelos altos preços da energia e dos alimentos, o que tem afetado a popularidade do presidente Jair Bolsonaro, antes da eleição presidencial do próximo ano. Joaquim Silva e Luna, disse, que reforça o “papel social” da empresa em meio aos desfechos da pandemia COVID-19, que a estatal vê como uma “situação excepcional e emergencial”.  

O atual presidente da estatal também destacou, em uma coletiva de imprensa no início desta semana, que a empresa não pretende mudar suas políticas de preços de combustível.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe