Petrobras faz em Sergipe e Alagoas, a maior descoberta depois do Pré-sal e aumenta possibilidades de gás natural pela metade do preço

Gás natural

Descoberta da Petrobras na região equivale a um terço da produção atual brasileira e investimentos na área e construção de gasoduto deve passar de R$ 2 bi

A Petrobras anunciou sua maior descoberta desde que foi anunciado as ricas reservas do Pré-sal, em 2006. O anúncio é referente a seis campos em Sergipe e Alagoas.
As reservas estão estimadas em cerca de 20 milhões de m³ por dia de gás natural, o que representa cerca de um terço da produção atual brasileira.

A descoberta coloca os estados de Sergipe e Alagoas no alto escalão dos produtores de gás, já que brevemente deverá sair dos estados o gás mais barato do Brasil.
Segundo a consultora Gas Energy, os seis campos nos dois estados vão gerar R$ 7 bilhões de receita anual à Petrobras e seus sócias.

O governo comemora a descoberta já que favorecerá o atendimento de sua promessa de baratear o preço do gás em 50%, favorecendo a População e a indústria que, visto que o páis entraria em uma nova fase de industrialização.

Os investimentos da Petrobras na infraestrutura do empreendimento e na construção de dutos deverão atrair empresas importadoras de gás e alavancar os investimentos também da americana ExxonMobil que detém projetos de exploração na região.

Desenvolvimento do Nordeste

A economia da região, gravemente afetada pela redução dos preços do Petróleo e pelos escândalos de corrupção investigados pela operação lava jato.
Segundo o residente da Gas Energy, Rivaldo Moreira Neto, “É possível que a gente assista a uma retomada da indústria de petróleo e gás no Nordeste, onde tudo começou”.

A ANP, através de seu diretor Felipe Kury, considerou o potencial da Bacia de Sergipe-Alagoas como “muito promissor” e acredita em novas descobertas em um futuro bem próximo.

Em relação ao investimentos necessários na área, a Petrobrás deve gastar US$ 2 bilhões, ainda neste ano, na construção do gasoduto até a costa e na delimitação da área.
Vale lembrar que estes investimentos já estavam dentro do plano de negócios dos próximos cinco anos (2019-2023).

Veja também ! Petrobras está autorizada a vender excedente de gás natural para o exterior !

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Click Petróleo e Gás.

Renato Oliveira

Sobre Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)