Multinacional Volkswagen afirma que sua nova Kombi elétrica possui três versões diferentes

Valdemar Medeiros
por
-
27-07-2021 12:59:12
em Logística e Transporte
Volkswagen - Multinacional - Kombi - Kombi elétrica O conceito I.D.Buzz mostra a Kombi do futuro e traz uma lembrança da lendária van popular de passageiros e de carga – créditos: Divulgação VW

Multinacional Volkswagen afirma que trará três novas versões da sua nova Kombi elétrica que chega no final de 2023, e é possível que o modelo elétrico possua 374 cavalos de potência

A multinacional Volkswagen realizou uma apresentação recentemente e revelou mais detalhes sobre seus próximos veículos elétricos. Entre eles está a esperada versão de produção do ID. Buzz, o sucessor elétrico da famosa Kombi, que tem previsão para chegar no mercado automotivo no final de 2023.

Leia também

Volkswagen promete três versões diferentes da Kombi elétrica

A Kombi do futuro | Boris Feldman dirigiu o VW I.D BUZZ

De acordo com a multinacional, uma versão de passageiros com seis assentos será lançada no mercado europeu para serviços de transporte. Esta versão da Kombi terá bancos traseiros individuais, onde cada um deles é equipado com uma tela própria de dados.

Já para os Estados Unidos, a Volkswagen trará uma variante com o layout dos bancos traseiros de forma diferente. Serão quatro assentos na parte de trás, com dois voltados para a frente e dois voltados para trás.

Esta versão da Kombi elétrica é mais focada em clientes que viajam em pequenos grupos e também os serviços de compartilhamento de carros. Por fim, haverá ainda uma terceira versão comercial, que por enquanto leva o nome de ID Buzz Cargo. Na prática, ele se assemelha um furgão de carga e será focado principalmente em serviços de entregas e encomendas.

Kombi elétrica poderá ir de 0 a 100 km/h em 5 segundos

Apesar dos novos detalhes, a multinacional Volkswagen não confirmou quais serão as especificações técnicas da versão de produção da Kombi ID Buzz. Vale ressaltar que o conceito possuía várias configurações com dois motores elétricos que faziam com que o veículo chegasse a 374 cavalos de potência.

Seu sistema permite uma aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 5 segundos e uma velocidade máxima de 160 km/h. Em prática, também é provável que a Volkswagen lance versões de menor potência, com base nos trens de força elétricos de outros modelos da família ID, com uma potência entre 110 e 150 kW, o equivalente a 150 cavalos e 204 cavalos.

As baterias poderão superar os 110 kWh na versão de maior potência, trazendo à Kombi da multinacional uma autonomia maior. Apesar de ter um lançamento quase certo no Brasil, a futura Kombi elétrica da Volkswagen ainda não possui uma data prevista para chegar por aqui, o que provavelmente acontecerá a partir de 2024, ano em que modelo estreará nos Estados Unidos.

Curiosidades sobre a nova Kombi da multinacional VW

Provavelmente você conhece a Kombi, mas trouxemos algumas curiosidades do modelo tão amado pela maioria dos brasileiros. Apesar de ser alemã, o veículo foi idealizado na década de 40 por Bem Pon, um holandês que tinha o intuito de utilizar o conjunto mecânico do Fusca em um veículo de carga.

Apesar disso, o modelo só começou a ser produzido na década de 1950 e na época tinha carroceria em monobloco e suspensão reforçada com um motor de apenas 25 cv (bem diferente da futura elétrica).

No ano de 1957 chegou ao Brasil e três anos depois ganhou uma versão de seis portas nas configurações “luxo”. Para se ter uma ideia, a Kombi é tão querida que ganhou um dia de comemoração por entusiastas, que elegeram o dia 2 de setembro como o Dia Nacional da Kombi, estabelecido pelo Sampa Kombi Clube de São Paulo.  

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe