1. Início
  2. / Energia Eólica
  3. / Multinacional Vestas desenvolve a mais alta torre de energia eólica do mundo com 199 metros
Tempo de leitura 2 min de leitura

Multinacional Vestas desenvolve a mais alta torre de energia eólica do mundo com 199 metros

Escrito por Valdemar Medeiros
Publicado em 06/10/2022 às 23:00
Multinacional Vestas desenvolve a mais alta torre de energia eólica do mundo com 199 metros
Foto: Vestas/Divulgação

A multinacional Vestas desenvolveu uma torre de energia eólica com cerca de 199 metros de altura. A torre eólica foi desenvolvida para trabalhar em terra e é equivalente a um prédio de 66 andares.

A Vestas, companhia dinamarquesa especializada em energias renováveis, anunciou na última semana o desenvolvimento da mais alta torre de energia eólica do mundo que será instalada em terra. A torre eólica possui 199 metros de altura e para se ter uma ideia dessa dimensão, essa altura é o equivalente a um prédio de aproximadamente 66 andares.

Estrutura da Vestas é destinada ao mercado europeu

INCRÍVEL INSTALAÇÃO DE TURBINA EÓLICA TECNOLOGIA MODERNA IMPRESSIONANTE

A Vestas afirma que a torre eólica é particularmente essencial em países da Europa, onde não há uma grande área para instalação dos parques, sendo assim, é possível otimizar o investimento em altura, maximizando a produção de energia renovável.

As primeiras unidades da torre GIGANTE de energia eólica, capaz de produzir 7.2 megawatts (MW), devem ser destinadas à Alemanha e à Áustria, podendo entrar em operação já no começo de 2025.

A expansão dos parques de energia eólica tem sido grande e em usinas offshore já existem turbinas posicionadas em alturas muito maiores do que a torre de energia eólica da Vestas. É o caso da GE, que possui a Haliade-X, com uma torre de 260 metros de altura e pás com 107 metros de diâmetro.

Vestas foca no mercado de operações offshore

Além desta nova torre eólica desenvolvida recentemente, a Vestas também desenvolveu um projeto para verificar de que modo o primeiro navio de transferência de tripulação movido a hidrogênio verde do mundo poderá contribuir para uma redução nas emissões de CO2 durante suas operações em alto mar. 

O projeto foi criado em parceria com a Windcat Workboats, dona da maior frota à nível global de navios e embarcações que realizam operações em alto mar. O navio é alimentado por bicombustível movido a hidrogênio, justamente a gasóleo marítimo.

Novo parque de energia eólica na Bahia

Também neste ano, a Vestas e a Pan American Energias Renováveis fecharam um contrato de fornecimento de 94 torres eólicas X150-4,5 MW para o parque de energia eólica Novo Horizonte, situado no estado da Bahia.

De acordo com o presidente da Vestas na América Latina, Eduardo Ricotta, a Vestas tem o prazer de ampliar ainda mais sua parceria com a Pan na América Latina com este projeto de energia eólica que começará sua operação para gerar energia renovável no Brasil.

Fonte: Away.Iol

Valdemar Medeiros

Jornalista em formação, especialista na criação de conteúdos com foco em ações de SEO. Escreve sobre Indústria Automotiva, Energias Renováveis e Ciência e Tecnologia

Compartilhar em aplicativos