Início Multinacional norueguesa Subsea 7 conquista contrato milionário com a Petrobras para o campo de Búzios

Multinacional norueguesa Subsea 7 conquista contrato milionário com a Petrobras para o campo de Búzios

26 de maio de 2022 às 20:02
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Guanabara - modec - pré-sal - petróleo - Petrobras - FPSO - Guanabara
O FPSO Guanabara MV31 da MODEC para o “pré-sal” brasileiro alcança o Primeiro Petróleo – Imagem MODEC

Esse é o maior contrato de EPCI / SURF3 junto à Petrobras. A vencedora agora será responsável pelo sistema de coleta submarina de projeto no pré-sal

A multinacional norueguesa Subsea 7, líder global na entrega de projetos offshore e serviços para o mercado de energia, com sede no Reino Unido, anunciou que conquistou o contrato de EPCI / SURF3 junto à Petrobras, cujo valor de aproximadamente US$ 750 milhões. A empresa agora irá desenvolver o 8º módulo do campo de Búzios, localizado a mais de 180 quilômetros da costa do Rio de Janeiro, e a 2.000 metros de profundidade, no pré-sal da Bacia de Santos.

De acordo com a Subsea 7, o gerenciamento do projeto e a engenharia já estão previstos para começarem imediatamente nos escritórios da empresa no Rio de Janeiro e em Paris, na França.

Artigos recomendados

A empresa será responsável pelo sistema de coleta submarina do projeto. Em Ubu, no Espírito Santo, ocorrerá a fabricação dos dutos. Já as operações offshore têm perspectivas para começar em 2024 e 2025, usando um das embarcações da frota da Subsea 7, no Brasil.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

Está acordado no contrato entre a norueguesa e a Petrobras: projeto de engenharia, fornecimento de bens, fabricação, instalação e pré-comissionamento de aproximadamente 126 quilômetros de linhas submarinas de dutos rígidos. O acordo prevê também 98 quilômetros de linhas flexíveis e 88 quilômetros de umbilicais e infraestrutura associadas, além de ancoragem de linhas ao FPSO.

Subsea 7 comemora mais uma parceria com a Petrobras

Para o vice-presidente da Subsea 7 Região Brasil, Daniel Hiller, esse mais novo contrato junto à Petrobras, dessa vez para o Campo de Búzios, é o reconhecimento do trabalho de cada colaborador da companhia envolvido.

“Materializa nossa estratégia de atendimento de clientes no Brasil. Estamos orgulhosos de desenvolver mais esse projeto em parceria com a Petrobras”, diz Hiller.

Em outubro de 2021, a Subsea 7 assinou outros três grandes contratos com a petroleira brasileira cujos valores oscilaram entre US$ 500 e US$ 750 milhões. Os acordos são de day-rate, de longo prazo, para embarcações Pipelay Support Vessels (PLSVs): Seven Waves, Seven Rio e Seven Sun.

Relacionados
Mais recentes