Início Multinacional BYD anuncia a inauguração da sua nova linha de módulos fotovoltaicos no país

Multinacional BYD anuncia a inauguração da sua nova linha de módulos fotovoltaicos no país

7 de abril de 2022 às 13:40
Compartilhe
Siga-nos no Google News
BYD - módulos fotovoltaicos - energia solar - multinacional -
Empresa comercializará uma linha completa de módulos de alta potência, que variam de 450 W até 670 W – imagem: Canal Solar/Reprodução

A multinacional BYD está lançando uma nova linha de módulos fotovoltaicos no país e modernizou a sua fábrica de energia solar para disponibilizar aos consumidores brasileiros o que há de melhor no mercado global de energia renovável

Depois de completar 5 anos de atividades em sua fábrica situada em Campinas (SP), a BYD Energy deu início a um novo passo no mercado brasileiro, ao anunciar na quarta-feira (6) que pretende inaugurar a sua nova linha de produção de módulos fotovoltaicos neste mês. O evento está previsto para o dia 19 deste mês e, além da instalação de equipamentos de última geração que permitem elevar o nível de automação e tecnologia nos processos fabris, também foram agregadas diversas tecnologias aos produtos como Multi-Busbar, 1/3 cut cell, half-cell, micro-gap e negative-gap. Sendo assim, a multinacional começa a vender uma linha completa de módulos de energia solar de alta potência, mono e bifaciais, que podem variar de 450W a até 670W.  

Fábrica da multinacional BYD passa por atualização para utilizar apenas tecnologia de última geração em seus processos de fabricação

As novas instalações da empresa contam com 98% de renovação em seus processos e equipamentos, seguindo a tendência mundial, adotando a tecnologia mais atualizada disponível no exterior e no país. Sendo assim, a BYD se consolida e mantém a liderança no mercado brasileiro, não só em volume de módulos fotovoltaicos produzidos mas também em tecnologia moderna, se caracterizando como uma das empresas que mais investem em novos equipamentos e processos no setor de energia solar.

A nova linha também permitiu que a fábrica se tornasse compatível com todas as missões de células de energia solar disponíveis atualmente no mercado, com um grande ganho de eficiência e produtividade.

Desta forma, agora há a possibilidade de realizar a laminação e o encapsulamento de módulos fotovoltaicos convencionais ou Double-glass. Outro destaque importante é que a transformação e expansão dos processos produtivos da fábrica da multinacional garantiram que a BYD conseguisse triplicar sua capacidade para atingir 0,5 GW, o suficiente para abastecer uma cidade com 750 mil pessoas.

BYD capacita profissionais, gera mão de obra qualificada e empregos no Brasil

Os novos módulos de energia solar que passam a ser vendidos no mercado pela multinacional, desde o seu projeto, desenvolvimento, até serem instalados, foram desenvolvidos pela engenharia local da própria empresa de energia.

De acordo com o diretor comercial da BYD Energy do Brasil, Marcelo Taborda, este é o grande diferencial da empresa, pois quando se fala em investir ou evoluir no mercado, o principal pensamento não é a produção ou a venda, mas também inclui a formação de mão de obra especializada e treinamento. Taborda afirma que a multinacional tem muito orgulho em dizer que grande parte dos equipamentos foram produzidos pela equipe de pesquisa e desenvolvimento e engenharia de produtos do Brasil.

Atualmente, a empresa conta com todo o equipamento necessário para atestar e aferir os módulos fotovoltaicos produzidos no mercado nacional. O executivo afirma que, assim, a empresa consegue atestar seus módulos de energia solar e outros produzidos no exterior na própria BYD Energy. Sendo assim, a empresa ganha muito mais em agilidade, prazo, tempo, custo, e também em qualidade.  

Novos módulos fotovoltaicos da BYD serão vendidos a partir do dia 25 de abril

Para a empresa, a nova linha de produção de módulos de energia solar representa uma grande conquista para todo o mercado nacional. A multinacional já havia provado sua capacidade de desenvolver módulos de alta potência e qualidade, e agora demonstrou que é capaz também de fabricá-los em larga escala, com níveis de eficiência e produtividade iguais aos padrões globais. A produção e o início de vendas dos novos produtos fabricados pela empresa em Campinas estão previstos para o dia 25 deste mês.  

De acordo com Adalberto Maluf, diretor de Marketing e sustentabilidade da BYD, desde o começo, a empresa entendia que havia um grande potencial de mercado para a expansão de uma tecnologia que ainda engatinhava no Brasil mas já estava fortalecida no exterior.

Por isso, o setor recebeu diversos investimentos e, hoje, além de representar a maior fábrica em operação, a empresa já produziu mais de um milhão e meio de módulos nos últimos anos.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes