Indústria 4.0 – Mineração digital é a nova tendência do mercado para os próximos anos

Valdemar Medeiros
por
-
30-12-2020 13:52:44
em Indústria e Construção Civil
Indústria - mineração - mercado Mineração digital

Indústria 4.0 – As inovadoras soluções do mercado para a mineração de hoje e do futuro

A demanda global da indústria faz do mercado de mineração um segmento estratégico para diversos países. Brasil, Chile, México e Peru, por exemplo, são grandes produtores de minérios, concentrando 85% das exportações de toda a América Latina e Caribe. Desde 1970, a extração de minerais cresceu 600%, chegando a 3,97 bilhões de toneladas em 2017. O investimento no segmento também é grande: foram injetados 171 bilhões de dólares entre 2003 e 2017, apesar de uma pequena queda nos últimos cinco anos.

Leia também

Tendências de Digitalização na indústria de Mineração

O mercado de mineração pode beneficiar-se e obter vantagens competitivas ao empregar tecnologias digitais e análise de dados para otimizar operações, desempenho de ativos e reduzir riscos. No entanto, para isso, as mineradoras precisarão superar as barreiras de suas operações, que geralmente são divididas em silos operacionais individuais, com integração ineficaz entre a mina, o processamento e o transporte.

Ao unir esses elementos da indústria e cadeia de suprimentos, surge o maior escopo de mudança do mercado e uma oportunidade para encontrar novas eficiências que gerem resultados.

Para superar essas barreiras da indústria de mineração e alcançar uma transformação digital na indústria de forma eficaz, é necessário foco em sistemas, em processos e, principalmente, nos recursos e na mentalidade que devem ser implementados.

O mercado de mineração no Brasil

No Brasil, grande parte da extração e produção de areia é realizada em leitos de rios, sendo geralmente comercializada da mesma forma que é extraída. O estado de São Paulo é maior produtor brasileiro, responsável por 39% da produção nacional.

Um dos principais usos da areia no mercado da construção civil são: como agregado para concreto, argamassa, filtros, abrasivos, artefatos de concreto e pré-fabricados, bases de pavimentos de concreto e asfalto, na produção de vidros, entre outros.

A liga ferro-carbono (aço inoxidável), tem como uma das principais características resistência e durabilidade, atribuídas à adição do cromo (11% na composição), além de uma aparência elegante e moderna. Esse tipo de aço é muito utilizado em revestimentos, elevadores, pias, pisos e demais itens mobiliários urbanos, pois mantém sua aparência original por muito tempo e não necessita de nenhuma proteção contra corrosão. Além dessas vantagens na mineração, as diversas jazidas de minerais de ferro são em sua maioria suficientemente ricas, puras e fáceis de explorar, além da possibilidade de reciclar a sucata.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe