Honda restringe seus investimentos em carros elétricos á China, deixando Brasil e EUA de fora

Valdemar Medeiros
por
-
15-10-2021 12:54:51
em Logística e Transporte
Honda - multinacional - carros elétricos - Chuna - EUA - investimentos Conferência de imprensa sobre a estratégia de eletrificação da Honda na China – créditos: Reprodução/Youtube

A multinacional japonesa Honda revelou a sua estratégia no mercado de carros elétricos, mas dessa vez, mercados da Europa, Brasil e EUA ficaram de fora. A montadora decidiu focar seus investimentos apenas na China.

A multinacional Honda compartilhou detalhes da sua nova estratégia no mercado de carros elétricos abrangente, que inclui dois veículos de produção e três conceitos, vestindo uma nova marca elétrica “e: N Series”. A montadora japonesa planeja lançar 10 modelos de veículos elétricos da marca Honda nos próximos cinco anos, mas apenas na China, deixando o mercado brasileiro e os EUA de fora. Dito isso, a Honda afirmou que “prevê exportar esses modelos da China”… algum dia.

Leia também

A Honda deu uma conferência de imprensa virtual sobre sua estratégia de eletrificação na China. Durante a conferência, a Honda anunciou suas novas iniciativas ambientais e de segurança, e também realizou a estreia mundial de dois modelos de produção, planejados e três modelos-conceito de veículos elétricos (EV), da marca Honda.

Honda e o mercado de mobilidade elétrica

Conferência de imprensa sobre a estratégia de eletrificação da Honda na China – Créditos: Youtube/Reprodução

Embora a empresa já tenha compartilhado metas de ter 100% das suas vendas focada em carros elétricos até 2040, uma grande parte dessa estratégia inclui veículos de célula a combustível de hidrogênio. Em termos de veículos elétricos, a multinacional Honda permanece alguns passos atrás do resto da indústria automotiva.

Na verdade, a montadora oferece atualmente apenas um veículo totalmente elétrico – o Honda E na Europa. Recentemente, a Honda divulgou que seu “primeiro lote de carros elétricos”, o Prólogo, chegará aos Estados Unidos em 2024 e será baseado na plataforma elétrica Ultium da GM.

Seguindo a capacidade de produção de 70.000 unidades do Prologue, a Honda está antecipando vendas de 500.000 BEVs até 2030. Ainda assim, a abordagem real da Honda para eletrificação tem sido aleatória… pelo menos até agora. Com as novidades de hoje, temos uma visão mais tangível da transição da Honda para uma marca de veículos elétricos, pelo menos no mercado chinês.

Honda lança veículos elétricos na China como parte de sua nova estratégia

Em um comunicado à imprensa após uma conferência de imprensa virtual ontem (14), a Honda compartilhou sua nova estratégia de eletrificação para a China e revelou os primeiros dois veículos elétricos disponíveis para consumidores no exterior.

Além disso, a Honda compartilhou que todos os novos modelos na China após 2030 serão elétricos (é importante notar que isso inclui híbridos, não apenas elétricos). A montadora planeja continuar a produção do modelo ICE atual, dentro e fora da China, após 2030.

Dois modelos de produção já foram desenvolvidos e estão programados para serem colocados à venda, na primavera de 2022, como parte da nova série elétrica “e: N” da Honda.

Honda se pronuncia sobre a sua nova linha de carros elétricos na China, EUA e Brasil não são mencionados

O nome ‘e: N’ representa o desejo da Honda de energizar as pessoas que estão tentando fazer as coisas com base em sua própria iniciativa nesta era de eletrificação.

O ‘e:’ vem de ‘e: Technology,’ a marca coletiva das tecnologias de eletrificação da Honda com as quais a Honda se empenha pela neutralidade de carbono. A letra ‘N’ significa ‘Novo/Próximo’, representando a criação de novo valor para a próxima geração de mobilidade.

Esses novos carros elétricos incluem o e: NS1 produzido como uma joint venture da Dongfeng Honda e o e: NP1 da GAC Honda.

Honda não venderá nenhum desses veículos elétricos fora da China.

Até agora, o foco da Honda está estritamente na China. No entanto, a montadora japonesa disse que “prevê exportar esses modelos da China”, mas não sabe quando.  

A Honda, atualmente, tem duas novas fábricas dedicadas especificamente a veículos elétricos, planejadas para a GAC ​​Honda e a Dongfeng Honda. O início da produção dos novos carros elétricos da empresa será iniciado em meados de 2024. Por fim, a multinacional afirmou mais uma vez que inicialmente não pretende exportar seus veículos para os EUA nem Brasil.  

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe