Início Grupo Votorantim realizará investimento de R$ 200 milhões em Paulista, gerando diversas vagas de emprego

Grupo Votorantim realizará investimento de R$ 200 milhões em Paulista, gerando diversas vagas de emprego

22 de abril de 2022 às 17:09
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Votorantim, investimento, Paulista
Foto: Reprodução Google Imagens/ O Petróleo




A estimativa é que o investimento do Grupo Votorantim gere cerca de 10 mil vagas de emprego no município de Paulista

O Grupo Votorantim anunciou que fará um investimento de R$ 200 milhões em um empreendimento na cidade de Paulista, mais especificadamente na praia de Maria Farinha. A estimativa é de que o investimento gere aproximadamente 10 mil vagas de emprego diretos e indiretos em Paulista.

Em reunião com Yves Ribeiro, prefeito de Paulista, realizada no dia 19 de abril, representantes da Votorantim apresentaram o projeto do investimento, que será um empreendimento imobiliário que contará com uma estrutura comercial, residencial e cultural de médio e alto padrão. Além disso, o investimento também contará com um polo gastronômico.

Artigos recomendados

Estima-se que a área do projeto possuirá mais de 400 mil metros quadrados. Além disso, o empreendimento no município de Paulista irá comtemplar um trecho da praia de Maria Farinha. O projeto será construído em um dos terrenos em que o Grupo Votorantim é proprietário e que possuem capacidade para um desenvolvimento imobiliário sustentável.

Segundo o Diário de Pernambuco, em setembro deste ano terá o inicio da primeira etapa, que contará com investimento de aproximadamente 600 milhões. A previsão é que que a conclusão das obras ocorra em 2025 e que o investimento final seja de R$ 200 milhões.

Segundo Renê Rocha, representante do Grupo Votorantim, o projeto está na fase inicial de documentação. O representante informe que a Votorantim está trabalhando para a execução do projeto concreto de grande parte em Maria Farinha, no município de Paulista, e que no momento, o Grupo Votorantim está na fase do planejamento e da documentação de âmbito municipal, estadual e nacional.

Estima-se que essa etapa seja concluída ainda este ano. “Até o final do ano pretendemos encerrar e vencer o ciclo de aprovações, conforme a legislação, e também o licenciamento ambiental da área. A partir disso, poderemos dar início ao ciclo de obras e fazer tudo alinhado com o governo do Prefeito Yves Ribeiro”, concluiu.

O prefeito de Paulista, Yves Ribeiro, celebrou o empreendimento da Votorantim. Segundo Yves, a Prefeitura de Paulista não mediu esforços para fazer com que Maria Farinha torne-se um canteiro de obras e que irão impulsionar a região e valorizar o Litoral Norte.

Sobre a empresa

De acordo com a empresa, a Votorantim é uma holding de investimentos permanentemente capitalizada e com negócios de longo prazo. Com seu portfólio diversificado, a Votorantim possui presença em vários setores da economia e atuação em 19 países.

Com quase um século de atividade, o Grupo Votorantim é líder na maioria dos mercados em que atua e se consolidou como um dos grandes grupos empresariais do Brasil.

A Votorantim gera mais de 44 mil vagas de emprego no mundo, sendo a maior parte profissionais que trabalham no Brasil. Juntas, as oito empresas investidas Votorantim Cimentos, Votorantim Metais, Votorantim Siderurgia, Votorantim Energia, CBA (Companhia Brasileira de Alumínio), Fibria, Citrosuco e Banco Votorantim fazem parte de um negócio que engloba mais de 560 unidades operacionais e administrativas no mundo todo, que formam uma enorme cadeia de valor, responsável pela produção de bens essenciais para o desenvolvimento da economia e da sociedade.

Votorantim quer produzir cimento a partir de lixo processado em usina de SC

A Votorantim Cimentos, que faz o aproveitamento de boa parte de resíduos urbanos descartados e inúteis no processo de reciclagem, usando-os como fonte de energia na produção de cimento, anunciou que está em tratativas com uma usina em SC, a Usina de Processamento de Resíduos de São Bento do Sul, localizada no bairro Brasília. O intuito da maior cimenteira do país é produzir o concreto com neutralidade de carbono até o ano de 2050, conseguindo fazer a substituição de combustível fóssil, além de ampliar o uso de energia renovável em suas operações. Para saber mais, confira esta matéria na íntegra clicando aqui.


Relacionados
Mais recentes