Governo Federal aprova projeto-piloto de exploração e produção de petróleo e gás natural em reservatórios não convencionais

Valdemar Medeiros
por
-
31-12-2021 09:33:06
em Petróleo, Óleo e Gás
Governo Federal - petróleo e gás natural - reservatórios não convencionais Plataforma de petróleo no oceano. Perfuração offshore de gás e petróleo ou petróleo bruto. Industrial – foto: Governo Federal




O Governo Federal aprovou um projeto para a produção e exploração de petróleo e gás natural em reservatórios não convencionais. O programa recebe o nome de Poço Transparente e foi qualificado em maio do ano passado

O Governo Federal aprovou, nesta quinta-feira (30), uma resolução do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) com diretrizes para a instalação de um projeto-piloto chamado Poço Transparente, que tem como intuito criar conhecimento em relação às práticas de produção e exploração de petróleo e gás natural em reservatórios não convencionais. De acordo com um comunicado do Governo Federal, os efeitos do projeto podem trazer a criação, em bases ambientalmente seguras, de um novo setor da indústria de petróleo e gás natural no Brasil.

Leia outras notícias relacionadas

Governo Federal afirma que dados colhidos no projeto serão publicados na internet

A resolução aprovada pelo Governo Federal prevê a criação e publicação de um edital, em até três meses, para qualificação de projetos de petróleo e gás natural em reservatórios não convencionais. Logo depois, o edital deverá passar por uma espécie de consulta pública.

Há também uma recomendação para que a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), leve em consideração os aportes feitos nos projetos como elegíveis aos investimentos obrigatórios em PD&I (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) previstos em contratos de concessão, além do corte de royalties relativos à produção de petróleo e gás natural em reservatórios não convencionais.

De acordo com o Governo Federal, serão postados na internet todos os dados que forem estudados no projeto Poço Transparente, fazendo com que todos possam monitorar e acompanhar, desde a etapa anterior ao licenciamento ambiental, até o fim das operações de faturamento hidráulico e perfuração dos poços.

Brasil está em 10° lugar em produção de shale gas

Segundo o comunicado do Governo Federal, o monitoramento dos parâmetros ambientais e das operações será feito de acordo com as melhores práticas internacionais, segurança operacional e preservação ambiental. Ainda de acordo com o governo, o Brasil está em 10ª posição nos países com maior volume potencial de fabricação de shale gas no mundo.

A execução efetiva do Projeto Poço Transparente, que visa produzir em reservatórios não convencionais, tornará possível o avanço do Brasil rumo ao conhecimento do potencial de recursos petrolíferos não convencionais no país, de forma segura ambientalmente, seguindo o exemplo do que ocorreu em países como EUA, Canadá e China, que geram quantidades expressivas de petróleo e gás natural em reservatórios do gênero.

O Poço Transparente foi qualificado no PPI em maio do ano passado, para fins de apoio ao licenciamento ambiental e de outras medidas necessárias à viabilização do projeto.

Empregos no setor de petróleo e gás podem aumentar com a chegada de novos investimentos

Com sinais de retorno pós pandemia, o setor de petróleo e gás projeta gerar até 50 mil vagas de emprego em 2022. De acordo com o IBP, o cenário otimista está sendo gerado pela venda de ativos da Petrobras.

A estimativa é que a produção, que atualmente atinge a marca de 3 milhões de barris diários, suba para cerca de 5,4 milhões de barris diários até 2030 e, para que isso seja possível, a estimativa é que sejam investidos US$ 50 bilhões no setor.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.