Com alta no preço dos combustíveis líquidos, GNV vem garantindo uma economia de R$800 para motoristas de João Pessoa e Campina Grande

Valdemar Medeiros
por
-
20-10-2021 15:05:57
em Economia, Negócios e Política
preço dos combustíveis - combustíveis - GNV - Joao-Pessoa-e-Campina-Grande. Oficina de instalação deve ter selo do Inmetro | Foto: Raul Spinassé | Ag. A TARDE

Com economia de R$800, motoristas de João Pessoa e Campina Grande optam por abastecer com GNV, por ser um dos combustíveis mais ‘baratos’ no atual momento

Motoristas de João Pessoa e Campina Grande vem recorrendo ao Gás Nacional Veicular (GNV) para abastecer seus veículos. Com a alta nos combustíveis líquidos, GNV tem gerado uma economia de 46% para os motoristas. De fato, se comparada há 5 anos atrás, a economia ao abastecer com GNV era maior, pois motoristas pagavam em torno de R$2,00 pelo metro cúbico do combustível. Mas com a alta no preço dos combustíveis nos postos, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) registrou que, entre 3 a 9 de outubro, os motoristas brasileiros pagaram cerca de R$ R$ 4,131/m³. Mesmo que o preço tenha dobrado, abastecer o veículo com GNV vem sendo a melhor opção para os motoristas, pois a gasolina vem custando em torno de R$ 6,117 e o etanol, que vem sendo comercializado a R$ 4,77.

Leia também

GNV gera economia, mesmo com a alta no preço dos combustíveis

De acordo com o diretor do Comitê Nacional do GNV, Gabriel Kropsch, no momento atual em que os preços dos combustíveis se encontram altíssimos, é mais que favorável abastecer com gás natural veicular, pois além da perceptível diferença de preço, quando comparado aos outros combustíveis, o GNV rende bem mais. Para que o consumidor entenda melhor sobre essa economia, é necessário realizar o cálculo do custo por quilômetro rodado.

Os Cálculos da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado, a Abegás, mostram a seguinte situação: se um carro roda cerca de 10,7km por litro e 13,2km por metro cúbico, o motorista irá gastar em torno de R$ 0,63, caso abasteça no Rio de Janeiro com gasolina e R$ 0,31, se abastecer o veículo com o gás.

Ou seja, o GNV é 52% mais barato do que a gasolina. Trazendo o exemplo para João Pessoa, se o motorista percorrer 100km por dia, ele gastará em média R$1.735,00 mensalmente, diferentemente se abastecer com GNV, onde ele só gastaria R$ 943,00, uma alta economia de R$ 792,00 por mês, em comparação à gasolina. Já em Campina Grande, motoristas precisariam de R$ 1.738,00 para abastecer seus veículos com gasolina e de R$ 1.056,00 para abastecer com GNV no mês. Uma notável economia de R$ 681,00 por mês em comparação a gasolina.

Cidades da Paraíba economizam no abastecimento

Segundo Jailson Galvão, diretor-presidente da PBGás, a economia que os motoristas da Paraíba vêm fazendo ao trocar os combustíveis líquidos por gás natural é bastante considerável, principalmente para os motoristas que rodam muito.

Galvão ressaltou ainda que basta fazer o cálculo que o motorista perceberá que ao abastecer com GNV, ele vai rodar muito mais e gastar bem menos com combustível, tendo uma economia de quase R$ 800 por mês.

Caminhões serão os próximos

De acordo com o Diretor de Estratégia e Mercado da Abegás, Marcelo Mendonça, já estão sendo fabricados caminhões aqui no Brasil que poderão usar o GNV como combustível. Isso traz grandes benefícios para o bolso dos motoristas, sendo a melhor solução, para substituir o diesel. Mendonça explicou ainda que tal solução já é muito utilizada nos Estados Unidos e na Europa.    

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe